Como funciona o sistema educacional no Brasil

No Brasil, existem creches, escolas e universidades públicas. Qualquer pessoa, seja criança ou adulto, pode assistir essas instituições gratuitamente.

As crianças frequentam as escolas públicas que estão mais perto de suas residências. Para inscrever seu filho no colégio, é necessário ir pessoalmente ao colégio com a certidão de nascimento de seu filho. Normalmente, não é necessária a vacinação obrigatória. O cadastramento pode ser feito pelos sites oficias das prefeituras. Você pode conferir o passo a passo em http://matriculaescolar2020.com.br/. Esteja com a documentação em mãos: CPF seu e da criança para preencher os formulários de dados pessoais.

No Brasil há creches para crianças menores de 2 e creches para crianças de até 6 anos de idade. Dependendo da capacidade da criança, a escola vai decidir juntamente com os pais, que tipo de educação pré-escolar é necessária. As opções incluem as creches Maternais que são basicamente grupos de jogos, onde as crianças aprendem a se socializar, e os Jardins onde já se introduzem conceitos acadêmicos.

Educação primária (Ensino fundamental)

Até há pouco tempo, a idade obrigatória para assistir a escola era de 7 anos. Esta idade foi reduzida, agora, aos 6 anos de idade, mas as crianças podem começar aos 5 anos, desde que cumpram 6 anos durante o primeiro semestre.

Durante a primeira parte da educação primária no Brasil (ensino fundamental 1) os alunos têm, geralmente, uma única professora durante todo o ano letivo ou, pelo menos durante a primeira parte. Os cursos obrigatórios são: Português, História, Geografia, Matemática, Ciências e Educação Física. Na segunda parte da educação primária (ensino fundamental 2) o currículo se expande com um ou dois idiomas estrangeiros, predominantemente espanhol e inglês, e a cada curso corresponde um professor diferente.

Os estudantes mais velhos que não compareceram à escola na idade adequada, compartilham sala de aula com os alunos mais jovens. Só se eles são maiores de 18 serão separados dos menores.

Educação secundária (Ensino médio)

A educação secundária no Brasil tem uma duração de 3 anos. Os alunos continuam estudando os cursos que estavam em primária, mas têm novos cursos obrigatórios, como: Química, Biologia, Filosofia e Sociologia. A educação secundária não é obrigatória.

Durante os 3 anos do ensino secundário, os alunos podem optar por formação profissional a vez do ensino médio usual. Isto foi concebido para os estudantes que não tenham a intenção de seguir uma carreira universitária. O treinamento é realizado durante o segundo e terceiro ano do ensino médio.

As crianças frequentam as escolas públicas que estão mais perto de suas residências. Para inscrever seu filho no colégio, é necessário ir pessoalmente ao colégio com a certidão de nascimento de seu filho. Normalmente, não é necessária a vacinação obrigatória (veja aqui o calendário). 

No Brasil há creches para crianças menores de 2 e creches para crianças de até 6 anos de idade. Dependendo da capacidade da criança, a escola vai decidir juntamente com os pais, que tipo de educação pré-escolar é necessária. As opções incluem as creches Maternais que são basicamente grupos de jogos, onde as crianças aprendem a se socializar, e os Jardins onde já se introduzem conceitos acadêmicos.

Educação primária (Ensino fundamental)

Até há pouco tempo, a idade obrigatória para, assistir à escola era de 7 anos. Esta idade foi reduzida, agora, aos 6 anos de idade, mas as crianças podem começar aos 5 anos, desde que cumpram 6 anos durante o primeiro semestre.

Durante a primeira parte da educação primária no Brasil (ensino fundamental 1) os alunos têm, geralmente, uma única professora durante todo o ano letivo ou, pelo menos durante a primeira parte. Os cursos obrigatórios são: Português, História, Geografia, Matemática, Ciências e Educação Física. Na segunda parte da educação primária (ensino fundamental 2) o currículo se expande com um ou dois idiomas estrangeiros, predominantemente espanhol e inglês, e a cada curso corresponde um professor diferente.

Os estudantes mais velhos que não compareceram à escola na idade adequada, compartilham sala de aula com os alunos mais jovens. Só se eles são maiores de 18 serão separados dos menores.

Educação secundária (Ensino médio)

A educação secundária no Brasil tem uma duração de 3 anos. Os alunos continuam estudando os cursos que estavam em primária, mas têm novos cursos obrigatórios, como: Química, Biologia, Filosofia e Sociologia. A educação secundária não é obrigatória.

Durante os 3 anos do ensino secundário, os alunos podem optar por formação profissional a vez do ensino médio usual. Isto foi concebido para os estudantes que não tenham a intenção de seguir uma carreira universitária. O treinamento é realizado durante o segundo e terceiro ano do ensino médio.

Campanha “dia de levar seu filho ao trabalho” vira moda para conscientização

Cada ano, os pais em muitos países da região participam no “dia de levar seu filho ao trabalho”, uma oportunidade para que as crianças aprendam como ganham a vida a seus pais.

Poucas empresas oferecem aos pais um convite para trazer seus filhos para o escritório todos os dias, mas oferecer cuidado de crianças em que a empresa é na realidade, uma das melhores maneiras de atrair talento qualificado.Os benefícios de cuidado de crianças no site
A maioria dos pais americanos, 62 por cento, a partir de 2015, têm dificuldades para encontrar e oferecer cuidado infantil de alta qualidade, de acordo com o Centro de Pesquisa Pew. Como resultado, muitas mulheres com experiência e educadas estão deixando a força de trabalho.

Isso está agravando a escassez de mão-de-obra qualificada nos EUA, já que as mesmas mulheres que se vão são as pessoas mais qualificadas para ocupar os lugares vazios. De acordo com a análise de JLL dos dados da Pesquisa de População Atual dos estados UNIDOS, neste momento, cerca de 4,7 milhões de mulheres que têm licenciatura ou títulos avançados não estão trabalhando, em comparação com apenas 2 milhões de homens desempregados com as mesmas credenciais.

Oferecer cuidado infantil no escritório, você pode atrair as mulheres para completar as vagas persistentes para as funções que exigem mais experiência e educação.O cuidado infantil também parece ter um impacto na satisfação geral dos funcionários. Cerca de uma quarta parte das “100 Melhores empresas para se trabalhar” da revista Fortune, oferecem ao menos uma creche no local. Em todas as empresas, a média é de apenas 4 a 8 por cento.

O precursor da tendência emergente é a Patagônia, que oferece serviços de acolhimento de crianças a preços acessíveis no local de trabalho a todos os funcionários corporativos desde a década de 1980. O investimento parece estar a dar os seus frutos. Em 2017, uma pesquisa do Great Place to Work, constatou que 96% dos funcionários têm orgulho de trabalhar na Patagônia, e 94 por cento está de acordo em que a empresa oferece benefícios únicos e especiais.

O que você precisa saber sobre seguros automobilísticos no Brasil

Estima-se que a população jovem, ou seja, aqueles que estão na faixa dos 18 aos 35 anos, são o segmento da população que tem mais dúvidas sobre economia pessoal, seguros e finanças. A isto se acrescentar que os bancos não foram capazes de desenvolver uma atenção ao cliente eficiente que lhe permita explicar claramente aos seus futuros clientes em que consistem os produtos financeiros cada vez que resolvem todas as suas dúvidas. Com esta informação na mão, não é de admirar que muitos jovens espanhóis não têm em mente a contratação produtos tão importantes como os seguros de todo o tipo.

E é que podemos chegar a prescindir de um cartão de crédito ou um empréstimo a longo prazo, mas os seguros de todo o tipo são ferramentas que simplesmente não podemos deixar passar. Se você se encontra nesta situação, e à procura de um guia para escolher o seguro que melhor se adapta ao seu perfil, uma vez que paga o melhor preço por ele, te convidamos você a continuar lendo:

Seguros de carros no brasil

Como funcionam os seguros para carros e motos

Um seguro é um instrumento financeiro que lhe fornece o dinheiro necessário para reparar as perdas que podem ocorrer como consequência de um evento inesperado, a qual é conhecida como sinistro. Em outras palavras, ao contratar um seguro oferece a você uma proteção monetária que lhe permite reparar os danos que possam surgir por alguma catástrofe, acidente ou qualquer tipo de evento inesperado que nos afeta de alguma maneira ou de outra. Este com certeza deve ser de contratar uma instituição financeira para a qual é conhecida como “tomador”, e no momento de assinar o contrato, você se torna um “segurado ou beneficiário”. Você sempre terá que pagar uma taxa chamada de “prima” para manter o seu seguro, que pode ser mensal ou anual, dependendo das condições estabelecidas em seu contrato, ao que se lhe conhece como “apólice”. A prima estabelecida em sua apólice variar de acordo com o estudo que se realize quanto aos seus rendimentos, o seu modo de vida, e muitos outros fatore.

Podemos visualizar a função dos seguros, com um exemplo simples. Suponhamos que, enquanto você está no seu carro no caminho para visitar um amigo em outra cidade, o seu carro vai quebrar. Não carregas contigo o dinheiro para pagar a oficina de reparação, e não sabe sequer onde fica a oficina mecânica mais próxima. Mas tem um seguro de automóvel contratado, cuja apólice cobre os sinistros causados em estradas nacionais. Ligar para o número fornecido e recebido assistência e apoio para cobrir as despesas necessárias para a reparação do seu carro, de forma que você possa continuar a sua viagem tranquilamente.

É muito importante que você leve em conta que as seguradoras têm a forma de calcular estatisticamente que assim é possível que sofra de algum sinistro, pelo que será criado um perfil de sua pessoa, base para a sua idade, ocupação, sexo e até mesmo hábitos. Este perfil vai depender na maioria dos casos, a quantidade pela qual você estará segurado, bem como o prêmio a pagar e as condições estabelecidas na apólice.

Mas, por óbvias razões, o mesmo seguro contratado para protegê-lo em caso de sinistros no seu carro não irá protegê-lo em caso de perda de emprego ou de um acidente em que se machuque de gravidade. Existem muitos tipos de seguros, e aqui nós nos apresentaremos para que você escolha aqueles que melhor se adequar à sua situação pessoal.

Motoristas novatos: o que precisam saber sobre dirigir no Brasil

as opções de transporte da Brazil vão facilmente levá-lo para os principais destinos, mas alugar um carro no Brasil proporciona um pouco mais de liberdade e exploração. Pode poupar-te tempo e dinheiro, mas certifica-te que sabes para o que te estás a inscrever. Se você é um primeiro viajante para o Brasil, provavelmente é melhor ficar com o transporte público e ter uma sensação para o tráfego local antes de saltar atrás do volante.

Se você está no Brasil por menos de 6 meses sua carteira de motorista nacional é válida, no entanto, recomendamos obter uma licença De Condução Internacional apenas para evitar confusão e aborrecimentos. Algumas empresas contratadas vão exigir incorretamente um PID, enquanto a polícia tem sido conhecida por atacar turistas sem uma licença internacional e ameaçar multas enormes na esperança de conseguir um suborno.

Algumas estradas no Brasil têm portagens anexadas para verificar e planejar em conformidade. A maioria das portagens pode ser em qualquer lugar R $ 1,50 a R$20,00 e preço baseado no modelo de veículo e outros critérios.

Além disso, nem pense em sair de casa com a documentação completa: CRLV, quitação do IPVA e a CNH, é claro. Todos esses documentos podem ser acessados por meio do detran.inf.br

Motorista Novato

Condições da estrada no Brasil

As estradas do Brasil são muito boas ao longo das rotas bem percorridas, embora se deteriorem à medida que nos aproximamos de algumas das comunidades mais remotas do interior ou do Norte.

Enormes fiscalizações chamadas lombadas são usados para diminuir o tráfego e aliviar a pressão sobre a força policial em algumas cidades menores. Eles devem ser pintados com listras e ser precedidos por sinais de aviso, mas manter os olhos abertos. Bater num destes à velocidade será um inferno para a tua suspensão.

Fora das principais cidades, as condições das estradas são pobres, com muitas estradas não pavimentadas. Nas zonas rurais, os condutores irão encontrar grandes buracos, veículos e máquinas abandonados, animais de criação abandonados, carcaças de animais, peões e ciclistas que podem não conseguir delinear entre a estrada e o caminho para os pés.

Durante e após a estação chuvosa, especialmente após a atividade das tempestades, as estradas podem ser lamacentas e rapidamente transformadas em rios. A terra adjacente também pode criar deslizamentos de terra bloqueando a estrada.

Regras rodoviárias do Brasil

No Brasil, conduzir é no lado direito da estrada. É também obrigatório que todos os ocupantes do carro usem cintos de segurança. As crianças com menos de 10 anos devem sentar-se nos bancos de trás e o uso do telemóvel durante a condução é estritamente proibido. Também é ilegal conduzir em chinelos, por isso certifique-se de que você está usando sapatos fechados. Se quiser, pode conferir o Código de Trânsito Brasileiro, entretanto, as partes mais importantes dele devem ter sido resumidos na apostila da sua autoescola.

Como na maioria das nações desenvolvidas, dar lugar a todo o tráfego já na rotunda. Não liguem as luzes vermelhas, a menos que estejam assinaladas.

É também uma boa ideia para melhorar o seu português e ler sobre placas de estrada comuns antes de sua viagem de condução no Brasil.

O Trânsito no Brasil

Os motoristas do país, no entanto, são consistentemente erráticos e frequentemente usam o chifre, pisca ou as luzes dos faróis. Como resultado, o Brasil tem uma portagem rodoviária muito alta, em grande parte devido a este comportamento imprudente de condução. Mantenha-se na faixa da direita para uma condução mais calma e esperançosamente menos agitada. Se você está dirigindo na cidade, esteja ciente de que o tráfego brasileiro é bastante indisciplinado, então espere o inesperado.

Os enxames de motocicletas que se entrelaçam através do trânsito são uma grande preocupação. Além disso, o Brasil é conhecido por seus engarrafamentos. Se você precisa estar em algum lugar, deixe bastante tempo para chegar lá ou escolha um método alternativo de chegar ao seu destino, se possível.

Osteoporose → como prevenir aumentando o consumo de proteína?

Sabemos como as proteínas são importantes ao nosso corpo.

Mas será que o aumento da quantidade diária de ingestão provoca melhoras na saúde?

E quanto a osteoporose, será que iremos percebemos melhora ou piora?

Saúde óssea

A proteína é um dos três macronutrientes que seu corpo precisa para a saúde.

Carboidratos e gordura são os outros dois. Ao contrário dos carboidratos e da gordura, a proteína não é o principal macronutriente para o qual o seu corpo usa a energia.

Seu corpo funciona principalmente com carboidratos e gorduras, exceto em circunstâncias especiais. Normalmente, você usa menos de 6% da proteína que consome através da dieta como fonte de combustível.

No entanto, você usa mais proteína durante os períodos de inanição ou com exercício excessivo em um estado depletado de glicogênio.

Mas não subestimemos a importância da proteína dietética!

Você precisa dos aminoácidos da proteína para a reparação muscular e para preservar e construir o tecido muscular em resposta ao exercício.

Além disso, a proteína tem uma variedade de outras funções no corpo humano.

Por exemplo, enzimas, anticorpos e os componentes estruturais das células são feitos de proteína.

Necessidades cada vez maiores

Pessoas que se exercitam precisam de mais proteína, tanto quanto o dobro da quantidade, que os nutricionistas recomendam para pessoas sedentárias.

A quantidade recomendada para pessoas inativas é de cerca de 0,8 gramas por quilograma de peso corporal por dia.

Se treinar com força ou praticar exercícios de alta intensidade, você pode precisar duplicar essa quantia a cada dia para permitir que seu corpo evite um estado catabólico e ajude na recuperação do exercício.

É claro que precisamos de mais proteína para manter e construir músculos, mas e quanto à proteína para a saúde óssea?

Como músculo, seus ossos sofrem remodelação contínua, a quebra do osso velho e a criação de novos.

Na verdade, esse processo ocorre ao longo da vida, assim como acontece com o músculo.

Seus ossos precisam de aminoácidos de proteínas e minerais, como o cálcio, para completar esse processo.

A matriz de todos os ossos do corpo é composta de proteínas e você precisa dos aminoácidos que a proteína oferece para o crescimento e a manutenção dos ossos.

Portanto, você pode se perguntar se consumir mais proteína pode ajudá-lo a manter seus ossos saudáveis ​​e diminuir o risco de osteoporose.

O que a ciência diz sobre isso?

Proteína e Saúde Óssea

Inicialmente, a pesquisa sugeriu que o consumo de uma dieta rica em proteína, particularmente proteína animal, pode ser prejudicial à saúde óssea.

Essa ideia ganhou apoio depois que estudos mostraram que consumir mais proteína aumentava a quantidade de cálcio que entrava na urina.

Portanto, os pesquisadores levantaram a hipótese de que a alta ingestão de proteína aumentou a degradação do osso e o cálcio liberado do osso foi excretado na urina.

Portanto, eles pensaram que o cálcio veio do tecido ósseo e foi um marcador de maior degradação óssea.

No entanto, estudos mais recentes mostram que uma dieta maior em proteína aumenta a absorção de cálcio do intestino.

Assim, o cálcio na urina depois de uma refeição rica em proteínas vem da maior quantidade de cálcio que entra no corpo depois de comer uma refeição rica em proteínas.

Na verdade, a maré mudou tanto que agora os especialistas acreditam que o consumo de mais proteína dietética, acima da ingestão diária recomendada, pode ajudar a prevenir a perda óssea e evitar a osteoporose.

Essa é uma grande mudança no pensamento!

Mas quando você considera que a proteína aumenta a absorção de cálcio, não é surpresa que possa ser benéfico para a saúde dos ossos.

Você pode suplementar colágeno tipo 2 com Cartilax UC2, que garante além de colágeno uma base extra de nutrientes essenciais a absorção das proteínas.

De fato, uma análise de vários estudos mostrou que consumir proteína acima da ingestão diária recomendada pode reduzir o risco de perda óssea e fraturas de quadril.

Como escolher uma cortina para quarto?

As cortinas são complementos decorativos ideais para transformar o quarto, garantindo-lhe mais sofisticação, aconchego e privacidade. Quer investir nesses acessórios, mas não sabe como escolher cortinas para quarto? Aqui você aprende dicas especiais para realizar essa tarefa com louvor. Confira!

 

Cortina para quarto

Dicas para acertar na escolha da cortina para quarto

 

Considere a decoração do quarto

Um dos segredos para acertar na escolha da cortina é considerar a decoração do quarto, para eleger um modelo que tenha a ver com o restante do ambiente, gerando harmonia e unidade visual.

Acerte no tamanho

Se não houver móveis próximos à janela, o ideal é que a cortina seja grande, desde o teto até o piso, o que garantirá um resultado mais sofisticado e elegante para a decoração.

Caso haja móveis, como cômodas ou escrivaninhas, o melhor é escolher uma cortina curta, o que evitará sobrecarregar visualmente o ambiente, tornando-o mais agradável e com decoração irreverente.

 

Defina um tipo de tecido

O quarto é um cômodo que recebe muito bem cortinas feitas com tecidos encorpados ou mais leves, portanto, cabe ao dono do cômodo escolher sua opção favorita. Neste caso, é interessante ressaltar que tecidos encorpados bloqueiam melhor a luminosidade e também garantem privacidade.

Já a cortina para quarto feita com tecido leve é transparente, portanto, não bloqueia a luminosidade. Se quer utilizá-la mesmo assim, é possível investir em um forro mais grosso, como o feito com algodão.

Eleja a cor ideal

Se a decoração de seu quarto for clássica ou tiver medo de errar na tonalidade, a dica infalível é escolher uma cortina numa tonalidade neutra, por exemplo, branco, bege, cinza e tons terrosos.

Essas cores neutras são apostas certeiras porque combinam com tudo, o que reduz significativamente a chance de errar e sobrecarregar visualmente a decoração do quarto.

Gosta de cortinas coloridas? Então, escolha um modelo que tenha cor semelhante ao restante da decoração do quarto. Assim, será possível atingir um resultado harmônico.

Móveis indicados para salas pequenas

A parte mais difícil de decorar uma pequena casa é escolher o mobiliário. Ele tem que se encaixar confortavelmente sem parecer fora do lugar, sem fazer com que o ambiente pareça apertado e confuso e também precisa ser o mais prático e funcional possível.

1. Escolha móveis leves e compactos

Se um quarto for pequeno, você deve procurar por peças leves ou móveis feitos de materiais como vidro. O mobiliário tem que ser discreto e ocupar o menor espaço possível ou, pelo menos, criar essa impressão.

2. Não atrapalhar o espaço com móveis

Muitas vezes cometemos os erros de pegar um monte de pequenos móveis pensando que eles pareceriam menos intrusivos quando, na verdade, eles têm o efeito oposto, dando ao ambiente uma aparência desordenada. 

Em vez disso, obtenha peças menores e maiores que darão à sala uma aparência mais organizada e espaçosa.

3. Use móveis de parede

Ao montar seus móveis nas paredes, ao invés de encostar no chão, você deixa a sala mais espaçosa. Algumas opções fantásticas incluem uma mesa de parede, mesa de jantar ou mesas de console, bem como as prateleiras abertas sempre populares.

4. Escolha tons monocromáticos

Mesmo que você inclua grandes peças de mobília em uma pequena sala, se elas vêm em esquemas de cores simples, neutras e monocromáticas, elas parecerão leves e se adaptarão melhor à decoração. 

Use móveis brancos nas paredes brancas para fazê-los desaparecer no fundo, dando impressão de um maior espaço.

5. Mobília multifuncional

Uma peça de mobiliário, como um sofá que funciona como uma cama ou, melhor ainda, como beliches, seria um excelente complemento para uma pequena sala, por menor que seja. 

Você basicamente consegue economizar uma tonelada de espaço por ter três partes separadas ocupando a quantidade de espaço que apenas uma delas ocuparia.

6. Sofás cama

Um sofá cama é incrível se você não tiver um quarto de hóspedes, por exemplo. Ele poderá servir como um sofá na maioria das vezes, mas também pode ser transformado em uma cama confortável, se necessário. Melhor ainda, inclui espaço de armazenamento secreto sob os assentos.

Dicas para escolher um sofá pequeno para sua casa

Se você tem uma sala de estar menor ou mora em um apartamento pequeno, provavelmente está se perguntando como escolher um sofá que se ajuste ao seu ambiente. Afinal, você quer que seja de tamanho adequado, mas funcional e confortável.

Claro, a opção mais simples é escolher um sofá que vem em um tamanho de apartamento. No entanto, há algumas coisas que você deve considerar antes de tomar uma decisão. Além de escolher um sofá reduzido,existem várias maneiras de maximizar seu espaço em uma pequena sala de estar.

Como acontece com qualquer investimento em móveis, é importante fazer algumas perguntas antes de fazer uma compra.

Em primeiro lugar, tenha em conta o tamanho real do seu espaço. Meça as dimensões do local para que, quando você entrar para falar com um consultor de design, ele tenha uma ideia do que caberá no seu espaço. Se você puder, traga fotos também!

Em segundo lugar, pense no seu estilo de vida. Quantas pessoas vivem em sua casa? Você terá muitos convidados visitando o seu local? Você quer uma sensação ao se sente mais suave ou um sofá mais firme e com apoio?

Independentemente de você estar morando em um apartamento decida de pequena ou em uma casa menor, a ideia é escolher o sofá para sua casa que melhor se encaixe nas medidas existentes.

A primeira opção a considerar é obter um sofá de tamanho de apartamento . Que geralmente fica em torno de 2 metros.

Claro, você vai querer escolher um sofá que corresponda ao seu estilo de vida e estilo, bem como o tamanho. Você também pode optar por um corte em menor escala, se você apenas um sofá maior. A montagem do corte na sua casa dependerá do layout da sua sala de estar.

Se você quer a funcionalidade de um quarto de hóspedes dentro da sala de estar, um sofá-cama, é uma ótima opção. Finalmente, ao considerar o layout de uma sala de estar menor, você pode optar por um sofá de costas baixas. Isso manterá o espaço aberto e maior do que realmente é.

Benefícios de adicionar uma cachoeira à sua piscina

Olhando para dar a sua piscina essa adição especial? Adicionando uma cascata à sua piscina é uma ótima maneira de melhorar a sua experiência de piscina. Simplesmente adicionando uma cachoeira, sua piscina se transforma de um corpo simples de água em um quase-spa no seu quintal. É realmente esse fator “uau” que você sempre quis. A beleza visual, o apelo auditivo e os benefícios práticos fazem da cascata uma opção atraente para qualquer proprietário que queira construir uma nova piscina.

 

Os benefícios de adicionar uma cascata à sua piscina incluem:

  • Licença Criativa. Cachoeiras são uma adição atemporal a qualquer piscina. Se você usa uma cachoeira de rocha mais natural ou um design com um toque mais moderno, uma cachoeira é quase certamente a obra-prima de qualquer piscina.
  • Relaxamento. Imagine voltar para casa depois de um longo e árduo dia de trabalho para relaxar perto da piscina. O som da água em cascata sobre a rocha para bater suavemente em um corpo maior de água é extremamente relaxante e uma excelente maneira de aliviar o estresse.
  • Filtragem. A cachoeira mantém a água em movimento, aumentando a capacidade da piscina de se limpar e manter a água saudável para uso. Na verdade, é comprovado cientificamente que a água em movimento / borbulhante libera íons negativos, purificando assim a água em toda a sua piscina.
  • Transformação. Se você tem um pool existente e quer apimentar as coisas, talvez tudo que você precisa é de uma nova cachoeira. Esta adição, com alguns outros retoques, pode fazer sua piscina parecer nova. E se você estiver em processo de compra de uma nova piscina, uma cachoeira irá mantê-la ótima para os próximos anos.

Uma vez que você decidiu adicionar uma cachoeira à sua piscina, é importante que um elemento estrutural seja especificamente projetado para abrigar a piscina junto com uma cachoeira. Ao planejar com seus designers sobre como você deseja que o pool procure, considere aspectos como largura, profundidade e altura que você deseja que a cascata seja. Além disso, lembre-se de que quanto maior a cachoeira, mais a água estará constantemente se movendo em sua piscina. Ao levar em conta todas essas considerações, você poderá selecionar facilmente uma cascata que aprimore sua experiência de pool por muitos anos.

Como um contratante experiente em piscinas de Tampa , ficaremos felizes em discutir o seu projeto de piscina com você.

Calendário em miniatura, arte com objetos do dia a dia

Hoje queremos compartilhar com vocês este engraçado e divertido projeto de Tatsuya Tanaka, um designer que pretende fazer voar a nossa imaginação e nos fazer ver que qualquer objeto do dia-a-dia pode ser o cenário perfeito para uma história. Uma forma muito legal de exercitar a mente e conseguir ser mais criativos e originais.

Miniature Calendar nos ensina que alguns maio pode se tornar um profundo e espesso bosque, onde fazer um piquenique, que as irregularidades de uma esponja poderiam ser as dunas de um deserto quente ou uma caixa de cerrillas pode se tornar um trem de passageiros e é que, qualquer coisa vista com a perspectiva correta pode provocarnos centenas de pensamentos engraçados.

Mais de 4 anos e uma fotografia diária em miniatura com objetos do dia a dia que podemos encontrar qualquer um em casa, 1500 fotografias com um grande trabalho por trás que se tornaram já há um tempo no viral, Miniature Calendar nos surpreende a cada dia. Os encorajamos a continuar sua conta no Instagram, onde a cada dia nos deixam com a boca aberta e com uma nova história contada através de uma imagem em miniatura. Uma arte que uma fotografia a fotografia vai compondo um calendário espetacular:
Calendário em miniatura, arte com objetos do dia a dia