Tijolo de vidro – Melhores dicas de uso

O tijolo de vidro é um modelo cheio de estilo e versátil para qualquer ambiente em sua casa. Veja no site o que já falamos sobre as ideias acerca desse item, principalmente para saber onde comprar.

É importante entender que existem vários tamanhos, espessuras e cores, por isso sempre escolha o que mais combina com sua casa ou com o espaço onde ele será instalado.

O uso do tijolo de vidro garante sofisticação ao ambiente. Existem 3 tipos que você pode encontrar para usar no seu lar: os fixos, os coloridos e os vazados.tijolo de vidro em quarto

O fixo é o mais tradicional de todos e pode ser encontrado em certas texturas. Já o colorido se diferencia pela opção de tonalidades diferentes. O tipo vazado, por outro lado, é aquele que tem um vidro inclinado no meio, permitindo a circulação de ar.

Para banheiros, a dica é usar o tijolo de vidro como parede divisória, pois assim ele fornece passagem de luz sem atrapalhar a privacidade do ambiente.

Para salas de estar, os tijolos de vidro também podem ser usados como divisórias, além de facilitar a passagem de luz.

Nas cozinhas, o tijolo de vidro é muito útil para separar a cozinha da lavanderia.

Em bancadas, essa opção se torna extremamente diferenciada – ao invés da opção dos tijolos de cerâmica, opte pelos tijolos de vidro para deixar o ambiente mais bonito.

E se quiser ainda mais luz no ambiente, pode-se usar o tijolo de vidro no teto.

Veja inspirações de fotos no site Viva Decora.

O que é colesterol? Como controlá-lo de forma natural?

A pandemia do novo coronavírus fez com que as pessoas começassem a prestar mais atenção no funcionamento de seus próprios corpos. A saúde passou a ser uma prioridade para muitos indivíduos que antes não se preocupavam tanto com o seu bem-estar físico e mental.

Algumas atividades rotineiras que realizamos acabam afetando de forma negativa o nosso organismo, fazendo com que a nossa vitalidade fique comprometida. Uma alimentação saudável, uma rotina regular de exercícios físicos, o consumo constante de água e noites bem dormidas nos ajudam a manter a nossa mente e o nosso corpo em harmonia. Muitas doenças podem ser evitadas quando cuidamos melhor dos nossos hábitos.

O nosso colesterol, por exemplo, pode ser o causador de algumas enfermidades e, quando não damos atenção a ele, podemos aumentar a nossa indisposição, fazendo com que certos órgãos não desempenhem as suas funções corretamente.

colesterol

O QUE É COLESTEROL?

O colesterol é uma espécie de gordura produzida naturalmente pelo nosso corpo. Algumas de suas funções são: manter a atividade das células, produzir hormônios, vitamina D e substâncias importantes para o nosso organismo.

Essa é uma gordura necessária para o corpo, porém apenas na quantidade correta. Quando existe colesterol em excesso circulando pelo sangue, o indivíduo pode ter sérios problemas de saúde, incluindo doenças cardiovasculares.

 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE COLESTEROL?

O colesterol, portanto, pode ser benéfico e maléfico ao ser humano, por isso é importante diferenciar o colesterol bom do colesterol mau, entendendo quais seriam as formas de cuidar e manter esses índices equilibrados.

O colesterol bom, também chamado de High Density Lipoprotein (HDL), é responsável por impossibilitar o acúmulo de gordura nos vasos de sangue, fazendo com que as veias não fiquem entupidas. O trabalho desse tipo de colesterol consegue evitar algumas doenças.

O HDL leva as gorduras para o fígado e posteriormente elas são ejetadas do organismo por meio da bile e das fezes. É recomendável que o nível de colesterol bom no corpo esteja balanceado, para que o mesmo consiga realizar as suas funções sem impedimentos.

O colesterol ruim, ou Low Density Lipoprotein (LDL), é importante pois ajuda na produção hormonal, porém quantidades excessivas desse tipo de gordura podem trazer malefícios, pois criam bloqueios nas veias, impedindo a circulação correta do sangue.

Frações elevadas de LDL no organismo podem causar uma série de problemas e doenças. Os obstáculos nas paredes das artérias, gerado pelo acúmulo de gorduras, impede o funcionamento correto e adequado do coração e dos outros órgãos, por isso é importante manter os índices de colesterol ruim equilibrados.

Existem formas naturais de controlar o colesterol, porém é importante enfatizar que o acompanhamento médico é fundamental para os cuidados com a saúde, visto que cada caso é diferente e deve receber seus respectivos tratamentos.

 

QUAIS SÃO AS CAUSAS DO AUMENTO DO COLESTEROL?

Os índices de colesterol ruim podem aumentar devido a alguns fatores hereditários ou ao estilo de vida da pessoa, que engloba os seus hábitos alimentares e sua prática frequentes ou não de exercícios físicos, por exemplo.

Existe uma série de comidas que contribuem para o aumento desse tipo de gordura. O colesterol é apenas encontrado em alimentos de origem animal, portanto está presente nas carnes, ovos, leites e seus derivados.

Produtos industrializados, embutidos, carnes e frituras são exemplos de alimentos que podem adicionar gordura ruim ao corpo, por isso é importante equilibrar a rotina alimentar para não consumir apenas comidas maléficas ao organismo.

Outros hábitos e elementos como o cigarro, as bebidas alcoólicas, a diabetes e a própria idade do indivíduo acabam contribuindo para índices mais elevados de colesterol mau. Um estilo de vida saudável faz toda a diferença para um melhor funcionamento do corpo humano.

 

COMO REDUZIR O COLESTEROL DE FORMA NATURAL?

Existem estratégias que podem auxiliar na redução do colesterol ruim, sendo a principal delas a adaptação de costumes saudáveis na rotina. Nosso comportamento reflete na nossa saúde física e mental, por isso é extremamente importante pensar em alternativas que englobam todo o funcionamento do nosso corpo.

Praticar exercícios físicos pode ser uma das soluções para diminuir o colesterol, além de fazer bem à saúde. É importante entender quais atividades físicas mais se encaixam com a sua rotina e com o seu condicionamento, para isso é sempre recomendável a consulta de especialistas no assunto.

Manter uma alimentação balanceada e saudável é fundamental para um estilo de vida mais leve e com níveis controlados de colesterol ruim. A perda de peso também pode auxiliar na diminuição desses índices.

Alguns medicamentos também podem auxiliar nessa diminuição, prevenindo uma piora na quantidade de colesterol no sangue. É importante ressaltar, novamente, a importância de um acompanhamento médico nessas mudanças de hábitos e na indicação de remédios, pois a opinião de um profissional é sempre fundamental para a melhora efetiva.

Concertina ou cerca eletrificada: qual escolher?

A alta da criminalidade, especialmente da invasão de imóveis, fez com que houvesse uma maior procura por formas de segurança e proteção de espaços.

A concertina e a cerca eletrificada estão entre as principais soluções para reforçar a segurança de imóvel, minimizando o risco de invasões, furtos e roubos.

O grande problema é que nem todo mundo sabe, ao certo, qual dessas opções escolher. Este é o seu caso? Então, veja aqui dicas que lhe auxiliarão nessa tarefa!

 

O que é concertina?

A princípio, é importante saber exatamente o que é concertina, para poder escolher a melhor opção. A concertina é um arame de metal com lâminas que têm elevada capacidade de laceração, fazendo cortes profundos na pele.

É fabricada com aço galvanizado, que é resistente à oxidação e não oxida, o que viabiliza sua instalação em áreas a céu aberto, garantindo uma longa durabilidade mesmo que entre em contato com a água frequentemente.

 

O que é a cerca eletrificada?

É a mesma coisa que a cerca elétrica, que dá choque ao contato com a pele, com a finalidade de afastar bruscamente possíveis invasores e impedir ultrapassagens.

A cerca eletrificada é composta por fios de metal nos quais circula uma corrente elétrica, que precisa ser mantida regularmente para que proteja eficientemente o imóvel.

Curiosamente, o choque provocado pela cerca não chega a matar o invasor, mas é suficiente para afastá-lo e desequilibrá-lo, aumentando a chance de queda e de se machucar.

 

Concertina e cerca eletrificada: vantagens e desvantagens

Depois de conhecer o que é concertina e cerca eletrificada, saber quais são as vantagens e desvantagens de cada uma ajuda a escolher a melhor alternativa.

No que se refere à concertina, esta solução só possui vantagens. A razão disso é simples: é eficiente na proteção e seu preço de instalação e manutenção é mais acessível do que a cerca eletrificada.

Por falar em manutenção, ela praticamente inexiste ao adotar a concertina, porque o material tem longa durabilidade e não precisa de trocas ou consertos periódicos.

O que se recomenda é fazer uma vistoria a cada seis meses na cerca, para garantir que há uma boa tensão e a estrutura esteja adequada, aumentando a segurança do espaço.

Já sobre a cerca eletrificada, esta opção oferece proteção, mas conta com a desvantagem de ter um preço de instalação, uso e manutenção mais elevado.

Isso ocorre porque o uso da cerca exige um consumo de energia elétrica, com a possibilidade de aumentar sua fatura no final do mês. Além disso, se a parte elétrica não for adequada, será preciso adaptá-la para instalar a cerca.

Também há um fator que muitos se esquecem: o custo de manutenção da cerca elétrica é maior, já que é preciso realizá-la periodicamente para assegurar seu correto funcionamento.

 

Concertina ou cerca eletrificada?

Mas, afinal, qual escolher, a concertina ou cerca elétrica? Na realidade, depende de seu orçamento. Ambas as soluções são eficientes na proteção de espaços, a diferença recai especificamente no custo de ambas.

A concertina, por exemplo, tem um custo baixo, seja de instalação ou manutenção. Já para instalar e manter a cerca elétrica é preciso gastar um pouco mais.

Portanto, se seu orçamento for reduzido, a melhor opção é a cerca de concertina. Caso esteja com um pouco mais de dinheiro, a cerca eletrificada é um bom investimento.

Agora, se dinheiro não for o problema, há uma alternativa que compensa ainda mais o investimento: a concertina eletrificada!

 

O que é a concertina eletrificada?

Trata-se de uma solução que combina a concertina e a cerca eletrificada, de forma a maximizar a segurança de imóveis residenciais, comerciais e industriais.

Como oferece uma proteção mais robusta, sua indicação de uso é em áreas que precisam de mais segurança e estão mais suscetíveis a invasões.

 

Onde instalar a concertina ou cerca eletrificada

A instalação de ambas as soluções, bem como da concertina eletrificada, é em muros ou portões baixos, que podem ser escalados ou não dificultam completamente a ultrapassagem.

Existe a possibilidade de instalar a concertina ou cerca eletrificada em diferentes locais, como em imóveis residenciais, comércios, escritórios, condomínios empresariais e residenciais, indústrias, empresas de logística, entre outros.

 

Como reforçar a segurança da concertina e cerca eletrificada

Poucos sabem, mas existem formas de reforçar a segurança proporcionada pela concertina e cerca eletrificada. O segredo está em combinar diferentes soluções.

Uma opção, por exemplo, é instalar a concertina ou cerca eletrificada em outros materiais, como a tela alambrado ou gradil, aumentando ainda mais a altura dessas estruturas, de modo a dificultar ultrapassagens ao máximo.

Há, ainda, a possibilidade de combinar o uso da cerca concertina e eletrificada com soluções tecnológicas de segurança, como alarmes e câmeras de monitoramento.

Essa última opção é mais cara, mas normalmente compensa porque possibilita montar um sistema de segurança completo para o imóvel, protegendo bens e pessoas adequadamente.

Como dialogar com meu público?

Saber como dialogar com seu público é fundamental para toda marca. Não é para menos, afinal, isso proporcionará maior assertividade em ações de marketing, conseguindo captar seu público e aumentar a chance de venda.

O problema é que nem toda marca sabe, exatamente, como dialogar com o seu público. Este é o seu caso? Então, confira dicas que lhe ajudarão a solucionar essa questão de uma vez por todas!

Como dialogar com meu público?

Saiba quem é seu público-alvo e persona

Um dos principais erros das marcas é que muitas iniciam uma estratégia sem nem ao menos conhecer quem é o seu público-alvo e persona. O primeiro é um grupo de consumidores mais abrangente e que possuem características semelhantes.

Por exemplo, sua empresa vende cosméticos veganos? Então, seu público-alvo é composto por pessoas interessadas em cosméticos naturais e cruelty free.

A persona, por sua vez, é a personificação do cliente ideal, um personagem com características próprias e comportamentos comuns aos consumidores da marca. Ao criá-la, considera-se seus gostos, hábitos, interesses e dores. Na prática, é a pessoa com quem sua marca deve interagir.

Mas, por que conhecê-los é importante? Simples: isso possibilitará compreender o comportamento dessas pessoas, quais são as características básicas de seu perfil, anseios, dúvidas e principais necessidades, podendo criar conteúdo e soluções que conversem com elas de forma direcionada.

Isso aumenta a assertividade da ação, potencializando a chance de atingir os objetivos previamente estabelecidos, de captar leads e realizar mais vendas.

 

Crie conteúdo relevante

Depois de conhecer seu público-alvo e persona, crie conteúdo relevante a eles. A marca pode investir em diferentes formatos, como textos, vídeos, áudios, infográficos, entre outros, focando em responder dúvidas ou solucionar um problema.

É importante que a marca crie conteúdo para todo o funil de vendas, para atingir sua persona em diferentes etapas da jornada de compras. Vale lembrar que na produção de conteúdo o funil é dividido em três partes: topo, meio e fundo.

O topo é a etapa de atração, dedicada a educar possíveis clientes. Portanto, o conteúdo deve ter essas características. O meio do funil é a etapa de nutrição de leads, estimulando-os de forma não invasiva até o fundo, que é quando ocorre a venda.

É importante ressaltar que esse conteúdo deve ser desenvolvido na linguagem correta e adequada à persona, além de ser empático, para gerar identificação com a marca e trazer os resultados esperados.

 

Combine estratégias

O seu conteúdo deve chegar à sua persona, o que é feito combinando diferentes estratégias de marketing digital. Uma delas é o SEO, que é dedicado à otimização para motores de busca.

O SEO trabalha com palavras-chave, linkagens, entre outras técnicas, possibilitando que seu conteúdo ganhe relevância e maior destaque em páginas de resultados de busca, com ranqueamento nas melhores posições de maneira orgânica.

Além do SEO, também considere investir em anúncios e gestão de campanhas no Google Ads, se seu orçamento permitir. Os anúncios possibilitam atingir resultados expressivos de ranqueamento, atração e captação de leads em menor prazo.

Se estiver em dúvida sobre como executar essas estratégias, conte com a consultoria de uma agência de links patrocinados!

Qual a diferença entre cama queen e king?

Os modelos de cama queen e king size estão entre as principais alternativas para quem busca modelos confortáveis. Mas, qual é a diferença entre essas camas? A seguir, respondemos essa questão. Continue a leitura e conheça!

Cama queen x king: qual a diferença?

A única diferença entre a cama queen e king é o tamanho. A queen tem 1,58 metro de largura e 1,98 metro de comprimento. Portanto, é sutilmente maior do que a de casal tradicional, que tem 1,38 metro de largura e 1,88 metro de comprimento.

Já a cama king é maior ainda: tem 1,93 metro de largura e 2,03 metros de comprimento. Curiosamente, é o maior modelo padronizado existente no mercado, caso busque uma cama mais ampla.

Qual cama escolher?

A escolha entre a cama queen e king deve levar em consideração pontos importantes. O primeiro deles é o tamanho do quarto, para saber se o móvel cabe no cômodo.

Neste caso, tenha um detalhe em mente: a recomendação geral é que ao redor da cama sobre um espaço mínimo de 60 centímetros, para poder circular pelo quarto e também abrir móveis com portas e gavetas.

Portanto, meça a área em que pretende deixar a cama, para saber se consegue abrigar sem problemas uma cama queen ou king, deixando uma sobra de área útil ao seu redor.

Se o espaço for menor do que o da cama queen, recomenda-se investir numa cama de casal tradicional, para garantir que o quarto seja funcional e que haja área suficiente para circular sem dificuldade.

Outros pontos a serem considerados são a necessidade e gostos dos usuários da cama. Se preferirem uma cama espaçosa, a king é a mais indicada, se houver área disponível no quarto.

Peças essenciais para sua cama queen ou king

Não importa qual modelo de cama escolha, se queen ou king size, é importante garantir peças essenciais para o colchão. Entre elas, destaque para o lençol com elástico e superior, que ajudam a proteger o colchão.

Outras peças que complementam a decoração do quarto e podem ser utilizadas em dias de frio são a colcha, manta, edredom e cobertor queen e king. Caso sua cama seja box, invista em uma saia box, que protege o móvel e dá mais estilo à decoração.

Como escolher lençol para cama queen e king?

Quando for escolher o jogo de cama queen e king, é importante se atentar às medidas das peças. Procure comprar lençol que seja exatamente do tamanho do colchão ou um pouco maior.

O motivo é que alguns tecidos para lençol encolhem após a lavagem. Por isso, há uma chance de perda da peça. Para evitar que isso aconteça, escolha uma medida um pouco maior.

Além dessa questão técnica envolvendo o tamanho do jogo de cama casal, outros pontos a serem considerados na escolha do lençol de cama queen e king são o gosto dos usuários do móvel e o estilo decorativo utilizado no quarto.

Na dúvida, escolha peças em tons neutros, como o branco, bege, preto e cinza, que combinam facilmente com qualquer decoração, garantindo um ambiente charmoso e elegante.

Quais os bairros mais seguros de Blumenau?

Para quem tem planos de se mudar para Blumenau, a cidade oferece opções de bairros seguros e com boa oferta de serviços. Aqui, indicamos quais são eles. Confira e escolha o seu preferido!

Bairros mais seguros de Blumenau

A cidade de Blumenau possui bairros famosos por oferecerem excelente infraestrutura combinada com um nível de segurança maior. Abaixo, apresentamos quais possuem essas características:

Velha

O bairro Velha é um dos mais procurados por sua maior segurança e por oferecer infraestrutura completa de serviços e comercial. Além disso, seus moradores têm fácil acesso às principais vias da região.

É dividido internamente em Velha Pequena, Velha Grande e Velha Central e na região há indústrias, órgãos públicos e rede farta de supermercados. Trata-se de uma boa opção para quem busca alugar ou comprar imóvel por preços acessíveis.

Victor Konder

O bairro Victor Konder é um dos mais tradicionais de Blumenau, principalmente no que se refere à educação, já que abriga unidades de instituições de ensino famosas, como o Senai e Universidade Regional de Blumenau.

Conta com o diferencial estar ao lado do Centro, ou seja, é fácil transitar pelo bairro e chegar ao trabalho rapidamente, sem estresse. Também possui rede de infraestrutura farta, atendendo muito bem todos os moradores da região.

Centro

É a escolha perfeita de quem não quer se preocupar com deslocamentos no dia a dia, já que está próximo de tudo: trabalho, comércio, serviços, entre outros. Há opções de gastronomia, lazer e cultura, além de praças.

Na região é possível encontrar o Parque Natural Municipal São Francisco de Assis, que ainda abriga 23 hectares de mata Atlântica. O local é aberto à visitação regularmente.

Jardim Blumenau

Bairro com localização perfeita, principalmente para quem precisa, com frequência, resolver assuntos em diversos locais e quer ficar próximo de tudo.

Jardim Blumenau caracteriza-se por ser um bairro de alto padrão e com infraestrutura robusta de saúde, com ampla opção de hospitais e consultórios médicos. Além disso, também oferece boas alternativas de escolas.

Vila Nova

O bairro Vila Nova é próximo do centro, tem acesso facilitado às principais vias da região, ótima infraestrutura e o diferencial de ser mais residencial, ideal para quem prefere áreas mais tranquilas.

Na região há uma grande oferta de restaurantes e opções de lazer, além de áreas verdes, como as praças Rotary, do Estudante e Bernardes, excelentes para crianças.

Como proteger sua casa em Blumenau

Ainda que os bairros da lista sejam seguros, é importante investir em dicas extras para proteger seu lar. Uma solução barata e altamente eficaz é a montagem de cercas em Blumenau.

É possível montá-las usando materiais como a tela alambrado e o gradil, que oferecem boa visibilidade da área externa, não são fáceis de serem rompidos ou escalados, ajudando a evitar invasões, roubos e furtos.

O melhor? Tudo isso a um excelente custo-benefício, já que telas para cercas em Blumenau costumam ter preços acessíveis e excelente performance de segurança perimetral.

Se seu orçamento permitir, reforce ainda mais a proteção do imóvel com cercas elétricas, iluminação automatizada, sistemas de monitoramento com câmeras, entre outras opções.

Quais são os tipos de melasma

O melasma é uma condição que se destaque pelo surgimento de manchas escuras na pele, normalmente marrons ou acastanhadas. O que poucos sabem é que existe mais de um tipo de melasma.

Não conhece quais são? Sem problemas! A seguir, apresentamos todos os tipos de melasma , o que causa essa condição e quais são as opções de tratamento. Confira!

Tipos de melasma

Ao todo, existem três tipos de melasma, que são combinados de acordo com a camada da pele que afetam. Abaixo, apresentamos quais são e como funcionam:

Melasma epidérmico

Trata-se do tipo de melasma mais comum, atingindo a primeira camada da pele, uma epiderme, que é a que fica exposta ao sol no dia a dia. Por isso, tende a ser um tipo mais fácil de ser tratado, resultado mais rápido.

Melasma dérmico

Tipo que se permite atingir uma camada profunda da pele, entre um hipoderme e epiderme. Como está localizada em uma área mais funda, exige mais tempo de tratamento para eliminar manchas.

Melasma Misto

O melasma misto é uma combinação do epidérmico e do dérmico, ou seja, uma mesma pessoa possui os tipos dois. De modo geral, manchas epidérmicas são eliminadas em menor prazo do que as dermicas, por isso o tratamento costuma ser um pouco mais longo.

Existe cura para melasma?

Mas, afinal, melasma tem cura ? Embora seja uma condição que acomete muitas pessoas, não existe cura para melasma. O que há tratamentos paliativos utilizados para clareamento de mancha, para uniformizar o tom da pele e melhorar a autoestima de quem enfrenta esse problema.

Tratamentos para melasma

Não existe como eliminar melasma definitivamente , mas é possível investir em tratamentos específicos para clarear manchas da pele. A seguir, apresentamos o que pode ser feito:

Uso de produtos clareadores

O uso de produtos clareadores faz parte de todo tratamento de melasma , ajudando a atingir um resultado mais expressivo. Entre os principais ativos clareadores, destaque para hidroquinona, que é considerada padrão ouro, ou seja, é extremamente eficaz.

Existem cremes, géis, entre outros, de hidroquinona, que combatem a hiperpigmentação e produção de melanina em excesso, de modo a evitar o escurecimento de manchas e surgimento de outras novas, além de promover um clareamento significativo.

Outros ativos que podem ser utilizados em creme para melasma são o ácido retinóico, vitamina C e niacinamida, que devem ser relatados conforme recomendação do fabricante ou de seu médico.

Procedimentos clínicos

Os procedimentos clínicos são feitos em consultório pelo dermatologista. Costumam ser indicados para quem tem pressa em ver resultados, já que os entrega mais rápido. No entanto, contam com o ponto de negativo de serem mais caros.

O laser é um dos principais procedimentos feitos em consultório, trazendo resultados expressivos de clareamento das manchas. Além dele, destaque para o microagulhamento com aplicação de ativos clareadores, tratamento que também previne o envelhecimento porque estimula a produção de colágeno.

Outra opção de procedimento é o peeling físico ou químico, que estimula a renovação celular, promovendo o clareamento da pele de maneira eficaz.

O que mais cai no exame de suficiência CRC?

Se você é estudante de Ciências Contábeis ou pretende cursar essa faculdade, precisa saber que para exercer a profissão de contador ou contadora é necessário ser aprovado no exame de suficiência crc.

O Exame é realizado pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), e é a avaliação a que precisam se submeter todos os bacharéis ou alunos do último ano letivo da graduação de ciências contábeis no Brasil.

O objetivo do cfc exame de suficiência é fazer com que os candidatos comprovem que adquiriram conhecimentos suficientes durante os quatro anos da graduação para exercer a profissão.

O exame foi criado no ano 2000, mas somente em 2010 a Lei 12.249/2010 regulamentou que a aprovação nesse exame é obrigatória para que esses profissionais e alunos possam requerer o registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e com isso, possam exercer a profissão como Contador.

O Conselho Federal de Contabilidade divulga, em média, dois editais por ano, uma no primeiro e a outra no segundo semestre.

Portanto, sabendo que ele é determinante para o seu futuro profissional, você precisa estar bem preparado para o dia da prova. Então, aqui você vai encontrar todas as informações que precisa para se sair bem na prova, quais são as disciplinas mais cobradas, como estudar para o exame do cfc,  como se organizar para estudar e quantas questões precisa acertar para ser aprovado.

O que mais cai no Exame de Suficiência?

Primeiramente, é importante conhecer o estilo da prova que você irá realizar. A prova cfc que os bacharéis e estudantes realizam é composta por uma avaliação objetiva de múltipla escolha (A, B, C e D). E todas elas são elaboradas com base em todas as disciplinas cursadas durante os quatro anos da graduação em Ciências Contábeis.

Ao todo são 50 questões  divididas entre os assuntos que você irá ver abaixo.

De acordo com os editais publicados, as perguntas são sobre as seguintes disciplinas:

  • Contabilidade Geral
  • Contabilidade de Custos
  • Teoria da Contabilidade
  • Matemática Financeira e Estatística
  • Contabilidade Aplicada ao Setor Público
  • Contabilidade Gerencial
  • Controladoria
  • Noções de Direito e Legislação Aplicada
  • Língua Portuguesa Aplicada
  • Auditoria Contábil
  • Legislação e Ética Profissional
  • Princípios de Contabilidade e Normas Brasileiras de Contabilidade
  • Perícia Contábil

 

Quantas questões preciso acertar?

Antes de saber como estudar para o exame do cfc, você precisa saber quantas das 50 questões precisa acertar para ser aprovado.

Cada questão vale 1 ponto e para ser aprovado no Exame CFC, o candidato precisa, no mínimo, acertar 25 questões da prova, que totaliza 50% de acertos.

As inscrições são realizadas pelo site da banca examinadora do Exame ou pelo site do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Se prepare para o exame de suficiência

Então, agora que você já sabe o que cai no exame de suficiência contábil, precisa aprender a como estudar para o exame de suficiencia.

E a melhor forma de se preparar é com um curso preparatorio para exame de suficiencia crc.

Com o curso preparatório você vai aprender a como montar um cronograma de estudos, vai ter aulas específicas sobre os conteúdos que vão ser cobrados no dia do Exame, e o melhor, ao estudar cfc pela internet, você determina quando e onde vai acessar as videoaulas.

E para ter uma preparação ainda mais completa, você vai ter acesso a prova crc  resolvida e comentada. Estudando com prova cfc de anos anteriores você tem a oportunidade de revisar os conteúdos das aulas, analisando todas as matérias que já estão bem fixadas e as que.  precisam de um pouco mais de atenção.

Além de revisar os conteúdos, responder às questões de Exames anteriores é a melhor forma de chegar mais seguro e tranquilo no dia da prova. Esse exercício faz com que você conheça melhor o formato das questões, da banca organizadora e o tempo que leva para responder o Exame todo. Dessa forma, no dia da prova você vai estar mais seguro e vai conseguir se lembrar de tudo que estudou durante a graduação e no curso exame de suficiencia.

Por fim, agora que você sabe como estudar para o crc, quais questões são cobradas e que precisa de um bom curso exame de suficiencia crc, está na hora de realmente começar essa preparação para garantir que irá se sair bem na prova e garantir o seu registro no Conselho Regional de Contabilidade.

Tráfego orgânico ou tráfego pago: qual o melhor para o seu negócio?

Ao investir em uma estratégia de marketing digital, é comum se ver diante de uma dúvida: afinal, qual é o melhor para seu negócio, o tráfego orgânico ou o pago? Neste artigo, falamos mais sobre esse tema. Confira!

SEO

Tráfego orgânico e pago: o que são?

Por tráfego entende-se o número de visitantes de um site. Esse tráfego pode ser orgânico, ou seja, gerado de maneira espontânea, sem ter origem em um anúncio pago. Por isso, é mais barato e possui preço acessível de implementação.

Normalmente, o tráfego orgânico é aquele gerado a partir de mecanismos de busca como o Google. O usuário digita uma palavra-chave e clica nos resultados que mais lhe convém, normalmente nos que estão no topo da página.

O único esforço que a empresa tem é de ranquear seu site na melhor posição possível de páginas de resultados, o que pode ser feito por meio do SEO (Search Engine Optimization), que é uma ferramenta de otimização de sites para motores de busca.

Já no tráfego pago, como seu próprio nome indica, é preciso pagar para que os visitantes encontrem seu site e cheguem nele. Neste caso, a empresa cria anúncios em plataformas como o Google Ads e Facebook Ads, veiculando-os para atrair o tráfego.

Nessa modalidade faz-se um maior investimento, no entanto o tráfego pago consegue gerar resultados acelerados e atingir um bom ROI em menor prazo. Por isso, costuma ter um grande apelo entre as empresas.

 

Qual o melhor tráfego para seu negócio?

Uma das principais dúvidas sobre tráfego orgânico e pago é qual seria a melhor alternativa para a estratégia de marketing online da empresa. Curiosamente, o ideal é combinar ambas as alternativas.

O motivo disso é simples: o tráfego orgânico e o pago se complementam e tornam sua estratégia de marketing digital mais eficiente, com entrega de melhores resultados em curto, médio e longo prazos.

O tráfego orgânico, por exemplo, possui custo menor, uma vez que não é preciso pagar por anúncios, e seus resultados são duradouros, principalmente quando a empresa investe na manutenção do ótimo ranqueamento conquistado.

No tráfego pago, os resultados e ROI são rápidos e expressivos, porque se paga para ter destaque em mecanismos de busca e nas redes sociais. No entanto, quando não veicular mais a campanha deixa-se de ter esse resultado.

O que seu negócio pode fazer é combinar os dois tráfegos, mas manter o foco e maior investimento em um. Para escolher qual deve receber maior destaque, a empresa precisa avaliar seus objetivos, urgência em atingi-los, custo-benefício e os recursos liberados para serem aplicados.

 

Como implementar ações de tráfego orgânico e pago

Deseja implementar ações de tráfego orgânico e pago para atrair mais visitantes, transformá-los em leads e maximizar a taxa de conversão de seu site, fechando mais negócios?

Nesse caso, conte com o suporte de uma agência de SEO, que possui equipe capacitada para identificar as necessidades de sua empresa, elaborar um planejamento personalizado para atendê-las e executar ações altamente eficazes, com maior chance de atingir resultados expressivos.

A faculdade de ciências contábeis é difícil?

Com certeza, você já deve ter ouvido falar por aí que a faculdade de Ciências Contábeis é muito difícil, por exigir um conhecimento mais aprofundado nas disciplinas de matemática e raciocínio lógico.

Neste sentido, todos sabemos que não é novidade as duas matérias serem bastante temidas pela maioria dos estudantes e futuros acadêmicos, porém, isso não quer dizer que o nível de dificuldade do curso esteja além da sua capacidade.

Na verdade, se você deseja ingressar no curso de ciências contábeis ead ou presencial, mas não tem afinidade com nenhuma das disciplinas citadas acima, não precisa mudar de curso ou refazer seus planos quanto ao ingresso no ensino Superior. Muito pelo contrário, não há o que temer.

Isso porque, é importante deixar bem claro que as operações matemáticas serão trabalhadas durante todo o período do curso, o que te trará o desenvolvimento técnico para entender todos os assuntos do setor.

Ou seja, não é necessário ser um aluno nota 10 em matemática para entrar na faculdade de contabilidade. Aliás, para garantir o seu ingresso é preciso somente conhecer as quatro operações: somar, diminuir, multiplicar e dividir.

A partir desta matemática básica, tenha certeza que suas habilidades serão bem trabalhadas e aperfeiçoadas durante o estudo dos conteúdos de Álgebra, Cálculo e Estatística.

E para que você fique despreocupado quanto ao currículo do curso de contabilidade, vamos indicar abaixo as matérias que fazem parte do conteúdo programático de um curso de ciências contábeis a distância.

Mas, antes de tudo, é importante saber um pouco mais sobre a graduação. A faculdade de Ciências Contábeis é oferecida na modalidade de bacharelado, com duração média de quatro anos, tanto na modalidade de ensino a distância quanto presencial, como já mencionado anteriormente.

É importante que saiba também que, além das disciplinas citadas abaixo, o curso conta ainda com horas obrigatórias para estágio curricular, apresentação de atividades complementares e trabalho de conclusão de curso, o famoso TCC.

 

Grade Curricular do curso de Ciências Contábeis

 

Filosofia das Ciências Sociais

Empreendedorismo

Prática Textual em Língua Portuguesa

Introdução à Administração

Contabilidade Geral

Sociologia Geral

Fundamentos da Economia

Ética e Responsabilidade Profissional

Língua Brasileira de Sinais – Libras

Noções Gerais de Direito

Matemática Financeira

Legislação Empresarial

Gestão de Pessoas

Gestão do Conhecimento nas Organizações

Comunicação Empresarial

Psicologia das Organizações

Comportamento e Cultura Organizacional

Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais

Teoria Avançada da Contabilidade

Contabilidade Empresarial e Societária

Fundamento de Finanças

Direito Tributário, Educação Ambiental e Cidadania

Estatística Aplicada

Liderança e Formação de Equipes

Análise das Demonstrações Financeiras

Mercado Financeiro

Gestão de Processos em Negócios

Gestão e Controle de Custos

Contabilidade Gerencial

Controladoria

Gestão Financeira e Estratégica

Perícia Contábil e Arbitragem

Negociação Empresarial

Finanças Corporativas

Gestão de Sistemas de Informação

Avaliação de Empresas

Planejamento e Administração Tributária

Contabilidade Avançada

Planejamento Estratégico

Auditoria

Contabilidade Internacional

 

Atribuições de um bacharel em Ciências Contábeis 

Após a conclusão do curso, todos os profissionais que desejarem exercer a função de Contador, deverão se submeter ao Exame de Suficiência, elaborado pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC.

Este exame é realizado com o objetivo de comprovar o nível técnico dos profissionais, e para isso ele avalia a capacitação, conhecimentos e práticas necessárias para o exercício da profissão.

Agora, para acabar de uma vez por todas com as suas inseguranças sobre o nível de dificuldade da profissão, vamos ilustrar também quais são as atribuições de um contador.

Caso você ainda não saiba, o contador é um profissional de grande importância dentro das empresas e por este motivo o mercado de trabalho para estes profissionais se encontra sempre aquecido.

É ele, o contador, o responsável pelas questões financeiras e tributárias de uma organização, isto é, atua no gerenciamento da planilha de gastos, pagamento e recebimento de contas, guias de impostos e até mesmo auditorias.

Quanto ao mercado de trabalho para os profissionais formados, este é muito amplo e abrange as áreas de consultoria, controladoria, fiscalização, perícia e gestão.

Por fim, com base nas informações trabalhadas acima, esperamos que você se sinta mais seguro e confiante para ingressar no curso de Ciências Contábeis. Lembre-se que durante todo o período de estudos você poderá contar com o auxílio dos professores especialistas na área que, com certeza, estarão a disposição para auxiliar no seu aprendizado.