A faculdade de ciências contábeis é difícil?

Com certeza, você já deve ter ouvido falar por aí que a faculdade de Ciências Contábeis é muito difícil, por exigir um conhecimento mais aprofundado nas disciplinas de matemática e raciocínio lógico.

Neste sentido, todos sabemos que não é novidade as duas matérias serem bastante temidas pela maioria dos estudantes e futuros acadêmicos, porém, isso não quer dizer que o nível de dificuldade do curso esteja além da sua capacidade.

Na verdade, se você deseja ingressar no curso de ciências contábeis ead ou presencial, mas não tem afinidade com nenhuma das disciplinas citadas acima, não precisa mudar de curso ou refazer seus planos quanto ao ingresso no ensino Superior. Muito pelo contrário, não há o que temer.

Isso porque, é importante deixar bem claro que as operações matemáticas serão trabalhadas durante todo o período do curso, o que te trará o desenvolvimento técnico para entender todos os assuntos do setor.

Ou seja, não é necessário ser um aluno nota 10 em matemática para entrar na faculdade de contabilidade. Aliás, para garantir o seu ingresso é preciso somente conhecer as quatro operações: somar, diminuir, multiplicar e dividir.

A partir desta matemática básica, tenha certeza que suas habilidades serão bem trabalhadas e aperfeiçoadas durante o estudo dos conteúdos de Álgebra, Cálculo e Estatística.

E para que você fique despreocupado quanto ao currículo do curso de contabilidade, vamos indicar abaixo as matérias que fazem parte do conteúdo programático de um curso de ciências contábeis a distância.

Mas, antes de tudo, é importante saber um pouco mais sobre a graduação. A faculdade de Ciências Contábeis é oferecida na modalidade de bacharelado, com duração média de quatro anos, tanto na modalidade de ensino a distância quanto presencial, como já mencionado anteriormente.

É importante que saiba também que, além das disciplinas citadas abaixo, o curso conta ainda com horas obrigatórias para estágio curricular, apresentação de atividades complementares e trabalho de conclusão de curso, o famoso TCC.

 

Grade Curricular do curso de Ciências Contábeis

 

Filosofia das Ciências Sociais

Empreendedorismo

Prática Textual em Língua Portuguesa

Introdução à Administração

Contabilidade Geral

Sociologia Geral

Fundamentos da Economia

Ética e Responsabilidade Profissional

Língua Brasileira de Sinais – Libras

Noções Gerais de Direito

Matemática Financeira

Legislação Empresarial

Gestão de Pessoas

Gestão do Conhecimento nas Organizações

Comunicação Empresarial

Psicologia das Organizações

Comportamento e Cultura Organizacional

Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais

Teoria Avançada da Contabilidade

Contabilidade Empresarial e Societária

Fundamento de Finanças

Direito Tributário, Educação Ambiental e Cidadania

Estatística Aplicada

Liderança e Formação de Equipes

Análise das Demonstrações Financeiras

Mercado Financeiro

Gestão de Processos em Negócios

Gestão e Controle de Custos

Contabilidade Gerencial

Controladoria

Gestão Financeira e Estratégica

Perícia Contábil e Arbitragem

Negociação Empresarial

Finanças Corporativas

Gestão de Sistemas de Informação

Avaliação de Empresas

Planejamento e Administração Tributária

Contabilidade Avançada

Planejamento Estratégico

Auditoria

Contabilidade Internacional

 

Atribuições de um bacharel em Ciências Contábeis 

Após a conclusão do curso, todos os profissionais que desejarem exercer a função de Contador, deverão se submeter ao Exame de Suficiência, elaborado pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC.

Este exame é realizado com o objetivo de comprovar o nível técnico dos profissionais, e para isso ele avalia a capacitação, conhecimentos e práticas necessárias para o exercício da profissão.

Agora, para acabar de uma vez por todas com as suas inseguranças sobre o nível de dificuldade da profissão, vamos ilustrar também quais são as atribuições de um contador.

Caso você ainda não saiba, o contador é um profissional de grande importância dentro das empresas e por este motivo o mercado de trabalho para estes profissionais se encontra sempre aquecido.

É ele, o contador, o responsável pelas questões financeiras e tributárias de uma organização, isto é, atua no gerenciamento da planilha de gastos, pagamento e recebimento de contas, guias de impostos e até mesmo auditorias.

Quanto ao mercado de trabalho para os profissionais formados, este é muito amplo e abrange as áreas de consultoria, controladoria, fiscalização, perícia e gestão.

Por fim, com base nas informações trabalhadas acima, esperamos que você se sinta mais seguro e confiante para ingressar no curso de Ciências Contábeis. Lembre-se que durante todo o período de estudos você poderá contar com o auxílio dos professores especialistas na área que, com certeza, estarão a disposição para auxiliar no seu aprendizado.

O que é Morosil?

Quando se fala em emagrecer com saúde, o Morosil é citado como uma alternativa extremamente eficaz. Mas, você sabe o que é Morosil? Neste post, esclarecemos esta questão. Acompanhe!

 

 

Morosil: o que é?

 

O Morosil é um remédio manipulado para emagrecer baseado na Dieta do Mediterrâneo. É feito com extrato de suco de laranja vermelha Moro, fruta que possui elevadas concentrações de substâncias naturais que ajudam a perder peso.

 

É o caso da antocianina C3G (pigmento com ação antioxidante), que promove a diminuição do tamanho de células de gordura, reduz o acúmulo de lipídeos e incrementa a sensibilidade à insulina, contribuindo significativamente com o emagrecimento.

 

O suplemento emagrecedor também possui elevada taxa de polifenóis totais, auxiliando na redução do colesterol total e aumento do colesterol bom no organismo, de modo a minimizar o risco de contrair doenças cardiovasculares.

 

 

O Morosil funciona?

 

Sim, o Morosil emagrece mesmo, mas é importante reforçar que o produto desempenha o papel de um coadjuvante na perda de peso, acelerando esse processo. Portanto, deve ser combinado a outras medidas de emagrecimento.

 

Ao utilizá-lo, é importante mudar seus hábitos alimentares. Insira mais alimentos naturais em suas refeições, porque são ricos em nutrientes e possuem baixa caloria. Deixe para consumir itens muito calóricos esporadicamente.

 

Além disso, faça exercícios físicos regularmente, o que contribuirá para a perda de peso e melhorará sua qualidade de vida como um todo, trazendo maior sensação de bem-estar.

 

 

Efeitos colaterais do Morosil

 

O Morosil é um dos manipulados para emagrecer mais seguros, tanto que não há registros de efeitos colaterais associados ao uso do produto, desde que utilizado corretamente, ou seja, na dose diária recomendada.

 

Caso faça superdosagem do suplemento, há a possibilidade de ter desconforto estomacal, porém leve. Por isso, não consuma mais do que a dose diária indicada pelo fabricante ou seu médico.

 

 

Contraindicações do Morosil

 

O emagrecedor natural não é indicado para gestantes e lactantes. Caso esteja fazendo um tratamento com remédios, seja diabético, hipertenso ou tenha problemas renais, só utilize o Morosil se for orientado por seu médico.

 

 

Como tomar Morosil

 

Já sabe o que é e quer comprar Morosil para emagrecer? Então, é importante saber como tomá-lo para garantir todos os resultados prometidos. De maneira geral, indica-se o consumo de 500 mg de Morosil por dia, o que equivale a uma cápsula, dependendo do fabricante.

 

O emagrecedor deve ser ingerido 30 minutos antes de uma de suas refeições principais, para garantir que o produto seja absorvido pelo organismo e tenha o desempenho esperado. Tome-o com um copo de água.

 

 

Em quanto tempo o Morosil faz efeito?

 

Há quem pense que o Morosil funciona de um dia para o outro, mas é preciso consumir o produto por um tempo mínimo para notar seus efeitos e resultados.

 

A recomendação geral para identificar os resultados do Morosil é de consumo por três meses, no mínimo. No entanto, é importante esclarecer que o organismo de cada pessoa pode apresentar um tempo de resposta diferente, portanto, pode ser que consiga notar resultados antes desse período.

Curso de ciência da computação EAD é bom?

Se você está procurando por um curso na área, é interessante conhecer mais sobre a graduação de ciencia da computação EAD. Afinal, esse curso possibilita que você estude quando e onde quiser. Dessa forma é possível organizar melhor sua rotina de trabalho, estudos e demais atividades diárias. Mas não é só isso, a modalidade a distância traz outras vantagens exclusivas que vamos comentar neste texto e que a tornam uma boa opção de estudo.

ciência da computação

Mas, antes de falar sobre as vantagens, vamos comentar sobre os pontos em que o curso ciencia da computação EAD é igual ao presencial. Ambas as graduações possuem no mínimo quatro anos de duração e seguem as diretrizes apontadas pelo Ministério da Educação (MEC). O diploma também é o mesmo. Na verdade, não consta nem a informação de que o aluno optou pelo método a distância, por exemplo. Então, de uma forma resumida, a qualidade do ensino é a mesma.

A base das matérias do curso também é igual. É claro que alguns assuntos podem sofrer alterações dependendo da instituição, mas tanto no curso ciencia da computação EAD quanto no presencial, o aluno sai pronto para enfrentar os desafios do mercado de trabalho. Por falar nisso, no método a distância também há o estágio supervisionado obrigatório. Essa é uma etapa importante para transformar alunos em profissionais qualificados.

E vale lembrar que o cientista da computação trabalhará diretamente com computadores e outros dispositivos móveis. Então, nada mais justo do que utilizar esses dispositivos e o acesso a internet já no aprendizado.

 

Quais são as vantagens do curso de ciencia da computação EAD?

O primeiro benefício do curso ciencia da computação EAD é o respeito pela sua individualidade. Afinal, você não depende do ritmo de estudos de mais nenhum outro aluno. Então, pode definir como será a sua aprendizagem. É possível, por exemplo, gastar mais tempo com uma matéria do seu interesse ou, até mesmo, acelerar a aula de um conteúdo que você já domina. Afinal, é só o seu aprendizado que importa nesse momento.

Além disso, a graduação EAD tende a ter mensalidades com valores 50% mais baixos do que as do presencial. Mas, não confunda preço mais baixo com qualidade inferior. A instituição que trabalha com cursos a distância não precisa manter uma grande estrutura física para receber alunos diariamente, por isso, também não possui os gastos dessa estrutura e pode repassar essa economia aos seus estudantes mensalmente. Além disso, o aluno não precisa desembolsar nenhum gasto extra com deslocamento até a faculdade, ou ainda, perder mais algum tempo no trânsito. Afinal, tempo também é dinheiro.

Sendo assim, o aluno EAD pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir uma videoaula e aprender sobre um novo assunto. Ou ainda, pode estudar no conforto da sua casa. Também é possível escolher o melhor período para aprender, afinal, há momentos em que a nossa mente está mais concentrada e disponível para absorver os conteúdos. Então, devemos aproveitar esses períodos para aprender mais e frisar o que foi estudado.

Assistente Social só trabalha em hospital?

O Assistente social é o profissional que cursou e se formou na graduação de Serviço Social. Essa é uma profissão muito importante para a sociedade em geral, quem se forma em Serviço Social tem como objetivo auxiliar as pessoas que de alguma forma não possuem acesso à cidadania, ajudando-os a resolver problemas ligados à educação, habitação, emprego, saúde, entre outros. É uma profissão nobre, voltada para a promoção do bem-estar físico, psicológico e social, ou seja, voltada para o lado assistencial da sociedade.

curso serviço social ead

Dentro dessa profissão, o assistente social pode trabalhar em diversos setores, e não só em hospitais, como muitos acreditam.

Então, para te ajudar a entender melhor como é o mercado de trabalho para o Assistente Social, preparamos uma lista de lugares que o assistente social pode trabalhar. Confira:

  • Setores públicos: Entre as principais áreas de atuação públicas temos as escolas; conselhos de direitos e de gestão; administrações municipais, estaduais e federais, serviços de proteção judiciária, redes de serviços sociais do governo e hospitais. Mas é importante lembrar que para ocupar uma vaga no setor público, é necessário antes ser aprovado em um concurso público.
  • Empresas privadas: dentro do setor privado há muitas probabilidades para quem cursa uma faculdade de serviço social ead, os profissionais podem atuar em escolas; faculdades; centros de saúde; sindicatos; entidades filantrópicas; creches; consultorias.
  • ONGs: Atualmente, também existe ainda possibilidade de exercer a função em setores públicos e organizações não governamentais (ONGs) fazendo a orientação, acompanhando pessoas e desenvolvendo programas de assistência dirigidos a diferentes públicos como por exemplo crianças em situação de risco, populações com poucos recursos financeiros ou afetadas por catástrofes naturais, idosos, entre outros. Ele também pode trabalhar com pessoas refugiadas no Brasil, seja com serviço de apoio em centros de cuidado; entidades filantrópicas; ou até mesmo em centros educacionais.

Como você pode ver, são diversas possibilidades de trabalho. Mas para exercer a função, você precisa ser formado na graduação em Serviço Social. E antes de se matricular, tem mais uma etapa que precisa levar em consideração:  a modalidade de estudos. Você já parou para pensar se a graduação presencial é a melhor escolha para você? Pois aqui nós vamos te mostrar as vantagens em cursar a faculdade de serviço social ead.

Antes de qualquer coisa, independente da modalidade, a faculdade de Serviço Social deve ter, obrigatoriamente, 3 mil horas/aula divididos em oito semestre, o que equivale a 4 anos. Então fique atento a isso antes de iniciar o curso. Essa é uma recomendação do MEC, que torna o diploma de conclusão válido.

O fato é o curso de serviço social a distância é a melhor opção para quem estuda e trabalha, pois com ele você determina qual o melhor horário para estudar. Você também pode agendar suas provas e atividades, moldando o curso à sua rotina. Além disso, você terá acesso a livros impressos, videoaulas em DVD’s ou ainda esses mesmos conteúdos em suas versões online através do Ambiente Virtual de Aprendizado.

Por fim, agora que você já sabe tudo sobre o curso de Serviço Social EAD já pode encontrar a faculdade que vai te levar ao sonho de ser um assistente social que trabalha em prol de um mundo melhor.

5 dicas para proteger vidros na mudança

Ao planejar uma mudança para uma nova residência, é normal haver preocupações e dúvidas. Para que seja uma mudança tranquila e eficiente, é preciso realizar forma que não haja surpresas desagradáveis ​​e imprevistos. Uma das últimas coisas após a mudança, observar quais itens e objetos especiais ou valores quebrados no caminho. Pensando nisso, criamos esse post onde damos algumas dicas importantes para a embalagem e proteção correta dos vidros. Quer saber como? Confira nossas dicas! 

  1. Para iniciar a conversa, como caixas de papel, plástico bolha, jornal e fita adesiva são essenciais para armazenar itens e auxiliar no transporte seguro.
  2. Para evitar atrito, desmonte os objetos maiores e enrole com plástico bolha ou jornal, de forma unitária. Desta maneira, não haverá contato entre os objetos, pois a colisão pode causar rachaduras ou até o mesmo quebra. 
  3. Deve-se dar atenção maior a espelhos grandes e tampo de mesa de vidro. O ideal é envolver em plástico bolha e até mesmo em manta acolchoada, evitando possíveis danos no transporte.
  4. Não esqueça de identificar como caixas de mudança. As caixas que contêm objetos de vidro precisam de atenção dobrada. Com um pincel atômico, após fechar muito bem uma caixa com fita adesiva, identifique o conteúdo. Os objetos de vidro devem ser os últimos a serem usados ​​no caminhão de mudança e os primeiros a serem aposentados.
  5. Contrate uma empresa com referências e compromisso. Caso necessário, adquira um seguro de mudança que proteja ou o cliente de qualquer dano durante o transporte. Há empresas que prestam serviços de desmontagem e montagem de móveis e embalagens, caso desejável. 

Uma outra opção de armazenamento é o serviço de auto armazenamento . Trata-se de um aluguel de contêiner, estrutura de armazenamento seguro e sem complicações. Basta alugar uma caixa de tamanho desejado e por tempo determinado. É uma ótima opção para quem não tem espaço no momento e quer mudar em breve ou não. Você tem acesso ao seu box quando quiser. 

Qual a duração das molas Dorma?

As molas Dorma são amplamente utilizadas em portas, assegurando o fechamento automático com muito mais segurança, de modo a evitar batidas bruscas e danos irreversíveis.

Embora seja conhecida como uma das melhores molas hidráulicas do mercado, o consumidor geralmente tem uma dúvida comum em relação ao produto: quanto tempo dura uma mola Dorma?

A seguir, esclarecemos essa questão e apresentamos detalhes sobre esse tipo de mola para porta. Confira e saiba o porquê vale a pena realizar esse investimento!

Durabilidade das molas Dorma

A mola hidráulica para portas Dorma possui excelente durabilidade, permanecendo em ótimo estado por vários anos, desde que seja instalada corretamente e uma manutenção periódica seja realizada.

A manutenção das molas envolve, principalmente, a verificação da densidade do óleo das peças, para assegurar seu correto funcionamento. O ideal é que esse processo seja feito a cada seis meses ou assim que identificar sutis alterações de fechamento.

Garantia molas Dorma

As molas Dorma apresentam elevada qualidade e durabilidade, além de garantia especial. O tempo mínimo de garantia é de um ano, no entanto esse prazo pode ser estendido dependendo do modelo e do distribuidor.

Dessa forma, é possível passar máxima tranquilidade para o cliente em relação à qualidade do produto e cobertura de consertos ou trocas no caso de problemas específicos.

Benefícios das molas Dorma

Além de durar muito tempo e ter bom prazo de garantia, a mola hidráulica Dorma proporciona benefícios especiais em curto e longo prazos, como:

  • Fechamento automático, silencioso e suave da porta, evitando danos como quebras ou trincas, que são mais recorrentes em portas de vidro;
  • Facilidade de instalação, podendo realizá-la rapidamente;
  • Possibilidade de adaptação a diferentes tipos de porta, por meio de ajustes simples;
  • Proteção contra corrosão, o que significa que a mola aérea Dorma, entre outros modelos, não tem seu funcionamento prejudicado pela oxidação.

Quais os benefícios dos produtos biodegradáveis?

Com o aumento do consumo consciente e mais voltado para a sustentabilidade, os produtos biodegradáveis começaram a aparecer com mais força em diversos segmentos.

No entanto, você sabe o que é um produto biodegradável e quais são os benefícios que ele oferece? A seguir, esclarecemos essas questões. Confira e entenda definitivamente!

O que é um produto biodegradável?

Um produto biodegradável é aquele que tem seu processo de decomposição mais rápido do que um produto tradicional, sendo absorvido em menor tempo pela natureza, de modo a gerar o menor impacto possível nela. Isso é válido para o produto em sua totalidade, inclusive embalagens.

De maneira geral, o biodegradável é fabricado com matéria-prima biológica, como resíduos vegetais da cana-de-açúcar ou da soja. Além disso, seu processo produtivo é sustentável, com menor uso de água e energia elétrica.

Atualmente, é possível encontrar essa alternativa mais sustentável em diversos segmentos, mas os exemplos clássicos mais lembrados são os dos produtos de limpeza biodegradáveis, como detergentes e desinfetantes.

Curiosamente, tais produtos não apresentam desempenho reduzido por serem biodegradáveis, pelo contrário, em diversos casos são tão efetivos e têm boa performance, tudo isso com um excelente custo-benefício e protegendo o meio ambiente.

Benefícios do produto biodegradável

Como todo o ciclo de vida do produto biodegradável é pensado de acordo com a sustentabilidade ambiental, são vários os benefícios garantidos. Conheça os principais:

Menor impacto ambiental na cadeia de produção, distribuição e descarte do produto;
Redução da produção e do acúmulo de lixo no meio ambiente;
Rapidez de decomposição de resíduos e embalagens dos produtos;
Eliminação do risco de contaminação de solo, rios e mares;
Proteção e preservação da fauna e flora;
Contribuição para a preservação de recursos naturais (para produzir um quilo de plástico de embalagens tradicionais, por exemplo, são utilizados 182 litros de água. Com os biodegradáveis esse consumo é reduzido).

O viagra e seus efeitos – Dicas e como usar da forma correta

Viagra é um fármaco que ajuda a tratar a disfunção erétil. Melhora o fluxo sanguíneo para o pénis, e os seus efeitos podem durar até 4 horas.

Disfunção erétil é uma condição comum que pode afetar homens de qualquer idade. Os machos com esta condição são incapazes de alcançar ou manter uma ereção para se envolver em atividade sexual.

A falta de fluxo sanguíneo é uma das causas da disfunção erétil. Viagra pode ajudar a estimular o fluxo sanguíneo para o pênis e ajudar as pessoas com a condição manter uma ereção.

Este artigo discute quanto tempo o Viagra dura, para que serve, e métodos alternativos de tratamento da disfunção erétil.

Quanto tempo dura o Viagra?

Viagra trata a disfunção erétil melhorando o fluxo sanguíneo para o pênis.
Quando uma pessoa toma por via oral, o corpo absorve rapidamente Viagra.

A concentração de Viagra no sangue atinge cerca de 30-120 minutos após tomar a droga-geralmente cerca de 60 minutos.

É possível começar a sentir os efeitos de Viagra a qualquer momento durante esta janela.

Os comprimidos de Viagra são normalmente administrados em doses de 25, 50 ou 100 miligramas (mg). Um estudo mais antigo mostra que o risco de efeitos secundários não aumenta quando se passam de doses de Viagra de 50 a 100 mg. No entanto, tomar uma dose mais elevada irá aumentar a eficácia.

Os efeitos do Viagra variam consoante o indivíduo. Os efeitos de tomar 100 mg de Viagra podem durar até 4 horas após a toma do medicamento. No entanto, a força destes efeitos é mais fraca ao fim de 4 horas do que 2 horas após tomar Viagra.

Como a concentração de Viagra no sangue normalmente atinge o pico 60 minutos após tomar a droga, os efeitos são mais fortes por volta desta época. Portanto, é melhor tomar Viagra cerca de 1 hora antes de qualquer atividade sexual.

É possível tomar Viagra com ou sem comer. No entanto, comer uma refeição rica em gorduras antes de tomar Viagra pode atrasar a absorção, o que significa que o medicamento pode demorar mais tempo a funcionar.

Para que serve é o Viagra?

Viagra ajuda com a disfunção erétil, facilitando para um homem para obter e manter uma ereção. Disfunção erétil é uma condição comum que afeta cerca de 30 milhões de homens nos Estados Unidos.

As pessoas com disfunção erétil têm dificuldade em alcançar ou manter uma ereção, mesmo durante a excitação sexual. A condição pode ter uma variedade de causas, mas geralmente se relaciona ao fluxo sanguíneo pobre para o pênis.

Durante a excitação, as artérias que levam ao pênis expandem-se, permitindo que mais sangue flua através dele. As veias levando o sangue para longe do pênis também se tornam mais estreito. O maior fluxo sanguíneo para dentro e fluxo de sangue restrito para fora do pênis causa-o endurecer, levando à ereção.

Na disfunção erétil, no entanto, o fluxo sanguíneo para o pênis pode ser muito baixo e perturbar a capacidade de obter ou manter uma ereção. Drogas como o Viagra relaxam músculos lisos e aumentam o fluxo sanguíneo para o pênis, facilitando obter ou manter uma ereção.

Viagra só pode funcionar durante a excitação sexual. Se uma pessoa não está em um estado de excitação, Viagra não será capaz de causar uma ereção.

Alternativas ao Viagra Existem muitas outras formas de tratar a disfunção erétil.

Viagra é um inibidor da fosfodiesterase (PDE) 5. Existem vários outros inibidores da PDE 5 que também são úteis no tratamento da disfunção eréctil, tais como Stendra.

Ainda não existe um Viagra Generico, mas vários outros medicamentos têm um efeito semelhante ao , como Cialis ou Levitra.

Ele também pode ajudar a fazer mudanças em áreas de estilo de vida que podem estar contribuindo para a disfunção erétil. Estas alterações incluem:

[su_list icon=”icon: check” icon_color=”#1ed72e”]

  • Tornar-se mais fisicamente ativo
  • Deixar de fumar
  • Perder peso ou manter um peso saudável
  • Redução do consumo de álcool

[/su_list]

mudança de medicamentos que podem causar disfunção erétil
Em alguns casos, a disfunção erétil não tem uma causa física. Por exemplo, pode ocorrer como resultado de estresse ou uma condição de saúde mental subjacente, como depressão. Se a causa é psicológica, psicoterapia ou aconselhamento pode ajudar a tratá-lo.

Há também uma grande variedade de medicamentos complementares e herbais que pretendem tratar a disfunção eréctil, tais como suplementos à base de plantas. No entanto, não há atualmente nenhuma evidência confiável que sugira que qualquer uma dessas abordagens são eficazes para o tratamento da condição.

Há também preocupações de segurança em torno de remédios à base de plantas e suplementos. A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA não aprova o seu uso para este fim.

Quando consultar um médico

Se uma pessoa experimentar disfunção eréctil consistente, deve falar com o seu médico.
É importante consultar um médico após sinais consistentes de disfunção eréctil.

Um médico pode fornecer orientações sobre o melhor curso de ação e como reduzir o risco de quaisquer efeitos colaterais adversos com o tratamento.

A disfunção eréctil é uma questão sensível, e pode ser difícil procurar ajuda profissional. A condição pode ter um impacto significativo no bem-estar. No entanto, uma grande variedade de métodos eficazes para o tratamento da condição estão disponíveis.

Viagra é uma forma útil de tratamento para a disfunção erétil.

É melhor tomar a droga cerca de 60 minutos antes da atividade sexual, e seus efeitos podem durar até 4 horas. Viagra não pode causar uma ereção se houver uma falta de excitação sexual.

Existem vários outros métodos para lidar com disfunção erétil, incluindo tomar outros medicamentos, fazer mudanças de estilo de vida, e procurar terapia ou aconselhamento.

É importante procurar ajuda de um profissional de saúde em vez de tentar tratar a doença sozinho.

Como decorar casa ou apartamento pequeno com elegância?

Decorar casa ou apartamento pequeno pode parecer uma tarefa impossível, mas, acredite, não é. O segredo está em saber aproveitar melhor o espaço disponível, o que pode ser feito colocando em prática dicas de decoração de ambientes. Conheça as principais e aprenda como decorar áreas pequenas com elegância!

Fuja de excessos

A expressão “menos é mais” é perfeita para decorar apartamento pequeno. O motivo é simples: quanto mais móveis e objetos decorativos tiver, maior a chance de tornar o ambiente intransitável e visualmente saturado.

Por isso, seja simples e minimalista, investindo somente em móveis essenciais para o ambiente, isto é, aqueles que serão realmente usados no dia a dia. Também evite a sobrecarga de objetos de decoração.

Invista em móveis multifuncionais

Móveis multifuncionais são aqueles que têm mais de uma função, como a cama baú, a mesa com prateleira e gavetas, além do tradicional e mais conhecido sofá cama.

Essas peças são diferenciais porque podem ser utilizadas para mais de uma atividade e otimizam o espaço, sem precisar comprar vários móveis para decorar casa, mantendo os ambientes funcionais e bonitos.

Aproveite cantos e espaço vertical

Em decoração de apartamentos e casas pequenas uma situação costuma ser comum: os cantos dos cômodos são desprezados, bem como o espaço vertical. Aproveitá-los ajuda a aumentar a área disponível para uso e tornar o ambiente mais elegante.

Para colocar essa dica em prática, invista em móveis específicos, como o sofá de canto. Já para as paredes, garanta prateleiras, nichos e armários, que oferecem mais espaço para organização de objetos.

Use cores claras

Cores claras têm a vantagem de passar uma sensação visual de amplitude, portanto, são perfeitas para decorar casa pequena. Para reforçar essa característica, aposte em uma decoração monocromática ou tonsurton, seja na pintura da parede ou nos móveis para casa.

Qual a melhor cortina para um quarto de casal?

A cortina para quarto casal deixa o ambiente mais bonito, sofisticado e agradável, já que melhora a decoração e consegue minimizar a entrada de luz natural e de barulho externo, possibilitando ter um bom descanso.

Curiosamente, existe uma grande variedade de cortinas para quarto, o que dificulta definir a melhor opção. Aqui, damos dicas para escolher a cortina perfeita para quarto de casal. Acompanhe!

cortina para quarto

Escolha conforme a necessidade do casal

As cortinas são utilizadas para complementar a decoração, reduzir a iluminação natural e entrada de ruído externo no quarto. É importante considerar esses usos para garantir a peça correta.

Se sua intenção for decorativa, não há restrições quanto à cortina, qualquer tipo pode ser escolhido. Somente tenha o cuidado de optar por uma que tenha a ver com o gosto do casal e estilo de decoração do quarto, para criar um visual harmônico.

Caso a necessidade do casal seja barrar o excesso de luz e barulhos externos no quarto, para evitar acordar muito cedo e conseguir descansar por mais tempo, prefira cortinas com tecidos encorpados, como o linho cru, ou a cortina blecaute.

Esses tipos de cortina formam uma barreira mais robusta em janelas, bloqueando a luz externa e minimizando ruídos, além de garantir mais privacidade ao casal, sem que vizinhos consigam ver o que se passa no quarto.

 

Tamanho ideal

Indica-se que a cortina para quarto seja grande, indo do teto até o piso, porque dá a impressão de que o pé direito é alongado. Cortinas curtas cortam visualmente a parede, dando sensação de que o quarto é menor.

Portanto, pensando na decoração, a cortina grande é a melhor opção. A pequena ou média passa a ser uma alternativa interessante e válida quando há algum móvel logo abaixo da janela.

Em todos os casos, recomenda-se comprar cortina para quarto um pouco maior, com sobra de cerca de 20 centímetros em cada lado, para garantir um melhor caimento.