O que mais cai no exame de suficiência CRC?

Se você é estudante de Ciências Contábeis ou pretende cursar essa faculdade, precisa saber que para exercer a profissão de contador ou contadora é necessário ser aprovado no exame de suficiência crc.

O Exame é realizado pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), e é a avaliação a que precisam se submeter todos os bacharéis ou alunos do último ano letivo da graduação de ciências contábeis no Brasil.

O objetivo do cfc exame de suficiência é fazer com que os candidatos comprovem que adquiriram conhecimentos suficientes durante os quatro anos da graduação para exercer a profissão.

O exame foi criado no ano 2000, mas somente em 2010 a Lei 12.249/2010 regulamentou que a aprovação nesse exame é obrigatória para que esses profissionais e alunos possam requerer o registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e com isso, possam exercer a profissão como Contador.

O Conselho Federal de Contabilidade divulga, em média, dois editais por ano, uma no primeiro e a outra no segundo semestre.

Portanto, sabendo que ele é determinante para o seu futuro profissional, você precisa estar bem preparado para o dia da prova. Então, aqui você vai encontrar todas as informações que precisa para se sair bem na prova, quais são as disciplinas mais cobradas, como estudar para o exame do cfc,  como se organizar para estudar e quantas questões precisa acertar para ser aprovado.

O que mais cai no Exame de Suficiência?

Primeiramente, é importante conhecer o estilo da prova que você irá realizar. A prova cfc que os bacharéis e estudantes realizam é composta por uma avaliação objetiva de múltipla escolha (A, B, C e D). E todas elas são elaboradas com base em todas as disciplinas cursadas durante os quatro anos da graduação em Ciências Contábeis.

Ao todo são 50 questões  divididas entre os assuntos que você irá ver abaixo.

De acordo com os editais publicados, as perguntas são sobre as seguintes disciplinas:

  • Contabilidade Geral
  • Contabilidade de Custos
  • Teoria da Contabilidade
  • Matemática Financeira e Estatística
  • Contabilidade Aplicada ao Setor Público
  • Contabilidade Gerencial
  • Controladoria
  • Noções de Direito e Legislação Aplicada
  • Língua Portuguesa Aplicada
  • Auditoria Contábil
  • Legislação e Ética Profissional
  • Princípios de Contabilidade e Normas Brasileiras de Contabilidade
  • Perícia Contábil

 

Quantas questões preciso acertar?

Antes de saber como estudar para o exame do cfc, você precisa saber quantas das 50 questões precisa acertar para ser aprovado.

Cada questão vale 1 ponto e para ser aprovado no Exame CFC, o candidato precisa, no mínimo, acertar 25 questões da prova, que totaliza 50% de acertos.

As inscrições são realizadas pelo site da banca examinadora do Exame ou pelo site do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Se prepare para o exame de suficiência

Então, agora que você já sabe o que cai no exame de suficiência contábil, precisa aprender a como estudar para o exame de suficiencia.

E a melhor forma de se preparar é com um curso preparatorio para exame de suficiencia crc.

Com o curso preparatório você vai aprender a como montar um cronograma de estudos, vai ter aulas específicas sobre os conteúdos que vão ser cobrados no dia do Exame, e o melhor, ao estudar cfc pela internet, você determina quando e onde vai acessar as videoaulas.

E para ter uma preparação ainda mais completa, você vai ter acesso a prova crc  resolvida e comentada. Estudando com prova cfc de anos anteriores você tem a oportunidade de revisar os conteúdos das aulas, analisando todas as matérias que já estão bem fixadas e as que.  precisam de um pouco mais de atenção.

Além de revisar os conteúdos, responder às questões de Exames anteriores é a melhor forma de chegar mais seguro e tranquilo no dia da prova. Esse exercício faz com que você conheça melhor o formato das questões, da banca organizadora e o tempo que leva para responder o Exame todo. Dessa forma, no dia da prova você vai estar mais seguro e vai conseguir se lembrar de tudo que estudou durante a graduação e no curso exame de suficiencia.

Por fim, agora que você sabe como estudar para o crc, quais questões são cobradas e que precisa de um bom curso exame de suficiencia crc, está na hora de realmente começar essa preparação para garantir que irá se sair bem na prova e garantir o seu registro no Conselho Regional de Contabilidade.

Tráfego orgânico ou tráfego pago: qual o melhor para o seu negócio?

Ao investir em uma estratégia de marketing digital, é comum se ver diante de uma dúvida: afinal, qual é o melhor para seu negócio, o tráfego orgânico ou o pago? Neste artigo, falamos mais sobre esse tema. Confira!

SEO

Tráfego orgânico e pago: o que são?

Por tráfego entende-se o número de visitantes de um site. Esse tráfego pode ser orgânico, ou seja, gerado de maneira espontânea, sem ter origem em um anúncio pago. Por isso, é mais barato e possui preço acessível de implementação.

Normalmente, o tráfego orgânico é aquele gerado a partir de mecanismos de busca como o Google. O usuário digita uma palavra-chave e clica nos resultados que mais lhe convém, normalmente nos que estão no topo da página.

O único esforço que a empresa tem é de ranquear seu site na melhor posição possível de páginas de resultados, o que pode ser feito por meio do SEO (Search Engine Optimization), que é uma ferramenta de otimização de sites para motores de busca.

Já no tráfego pago, como seu próprio nome indica, é preciso pagar para que os visitantes encontrem seu site e cheguem nele. Neste caso, a empresa cria anúncios em plataformas como o Google Ads e Facebook Ads, veiculando-os para atrair o tráfego.

Nessa modalidade faz-se um maior investimento, no entanto o tráfego pago consegue gerar resultados acelerados e atingir um bom ROI em menor prazo. Por isso, costuma ter um grande apelo entre as empresas.

 

Qual o melhor tráfego para seu negócio?

Uma das principais dúvidas sobre tráfego orgânico e pago é qual seria a melhor alternativa para a estratégia de marketing online da empresa. Curiosamente, o ideal é combinar ambas as alternativas.

O motivo disso é simples: o tráfego orgânico e o pago se complementam e tornam sua estratégia de marketing digital mais eficiente, com entrega de melhores resultados em curto, médio e longo prazos.

O tráfego orgânico, por exemplo, possui custo menor, uma vez que não é preciso pagar por anúncios, e seus resultados são duradouros, principalmente quando a empresa investe na manutenção do ótimo ranqueamento conquistado.

No tráfego pago, os resultados e ROI são rápidos e expressivos, porque se paga para ter destaque em mecanismos de busca e nas redes sociais. No entanto, quando não veicular mais a campanha deixa-se de ter esse resultado.

O que seu negócio pode fazer é combinar os dois tráfegos, mas manter o foco e maior investimento em um. Para escolher qual deve receber maior destaque, a empresa precisa avaliar seus objetivos, urgência em atingi-los, custo-benefício e os recursos liberados para serem aplicados.

 

Como implementar ações de tráfego orgânico e pago

Deseja implementar ações de tráfego orgânico e pago para atrair mais visitantes, transformá-los em leads e maximizar a taxa de conversão de seu site, fechando mais negócios?

Nesse caso, conte com o suporte de uma agência de SEO, que possui equipe capacitada para identificar as necessidades de sua empresa, elaborar um planejamento personalizado para atendê-las e executar ações altamente eficazes, com maior chance de atingir resultados expressivos.

A faculdade de ciências contábeis é difícil?

Com certeza, você já deve ter ouvido falar por aí que a faculdade de Ciências Contábeis é muito difícil, por exigir um conhecimento mais aprofundado nas disciplinas de matemática e raciocínio lógico.

Neste sentido, todos sabemos que não é novidade as duas matérias serem bastante temidas pela maioria dos estudantes e futuros acadêmicos, porém, isso não quer dizer que o nível de dificuldade do curso esteja além da sua capacidade.

Na verdade, se você deseja ingressar no curso de ciências contábeis ead ou presencial, mas não tem afinidade com nenhuma das disciplinas citadas acima, não precisa mudar de curso ou refazer seus planos quanto ao ingresso no ensino Superior. Muito pelo contrário, não há o que temer.

Isso porque, é importante deixar bem claro que as operações matemáticas serão trabalhadas durante todo o período do curso, o que te trará o desenvolvimento técnico para entender todos os assuntos do setor.

Ou seja, não é necessário ser um aluno nota 10 em matemática para entrar na faculdade de contabilidade. Aliás, para garantir o seu ingresso é preciso somente conhecer as quatro operações: somar, diminuir, multiplicar e dividir.

A partir desta matemática básica, tenha certeza que suas habilidades serão bem trabalhadas e aperfeiçoadas durante o estudo dos conteúdos de Álgebra, Cálculo e Estatística.

E para que você fique despreocupado quanto ao currículo do curso de contabilidade, vamos indicar abaixo as matérias que fazem parte do conteúdo programático de um curso de ciências contábeis a distância.

Mas, antes de tudo, é importante saber um pouco mais sobre a graduação. A faculdade de Ciências Contábeis é oferecida na modalidade de bacharelado, com duração média de quatro anos, tanto na modalidade de ensino a distância quanto presencial, como já mencionado anteriormente.

É importante que saiba também que, além das disciplinas citadas abaixo, o curso conta ainda com horas obrigatórias para estágio curricular, apresentação de atividades complementares e trabalho de conclusão de curso, o famoso TCC.

 

Grade Curricular do curso de Ciências Contábeis

 

Filosofia das Ciências Sociais

Empreendedorismo

Prática Textual em Língua Portuguesa

Introdução à Administração

Contabilidade Geral

Sociologia Geral

Fundamentos da Economia

Ética e Responsabilidade Profissional

Língua Brasileira de Sinais – Libras

Noções Gerais de Direito

Matemática Financeira

Legislação Empresarial

Gestão de Pessoas

Gestão do Conhecimento nas Organizações

Comunicação Empresarial

Psicologia das Organizações

Comportamento e Cultura Organizacional

Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais

Teoria Avançada da Contabilidade

Contabilidade Empresarial e Societária

Fundamento de Finanças

Direito Tributário, Educação Ambiental e Cidadania

Estatística Aplicada

Liderança e Formação de Equipes

Análise das Demonstrações Financeiras

Mercado Financeiro

Gestão de Processos em Negócios

Gestão e Controle de Custos

Contabilidade Gerencial

Controladoria

Gestão Financeira e Estratégica

Perícia Contábil e Arbitragem

Negociação Empresarial

Finanças Corporativas

Gestão de Sistemas de Informação

Avaliação de Empresas

Planejamento e Administração Tributária

Contabilidade Avançada

Planejamento Estratégico

Auditoria

Contabilidade Internacional

 

Atribuições de um bacharel em Ciências Contábeis 

Após a conclusão do curso, todos os profissionais que desejarem exercer a função de Contador, deverão se submeter ao Exame de Suficiência, elaborado pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC.

Este exame é realizado com o objetivo de comprovar o nível técnico dos profissionais, e para isso ele avalia a capacitação, conhecimentos e práticas necessárias para o exercício da profissão.

Agora, para acabar de uma vez por todas com as suas inseguranças sobre o nível de dificuldade da profissão, vamos ilustrar também quais são as atribuições de um contador.

Caso você ainda não saiba, o contador é um profissional de grande importância dentro das empresas e por este motivo o mercado de trabalho para estes profissionais se encontra sempre aquecido.

É ele, o contador, o responsável pelas questões financeiras e tributárias de uma organização, isto é, atua no gerenciamento da planilha de gastos, pagamento e recebimento de contas, guias de impostos e até mesmo auditorias.

Quanto ao mercado de trabalho para os profissionais formados, este é muito amplo e abrange as áreas de consultoria, controladoria, fiscalização, perícia e gestão.

Por fim, com base nas informações trabalhadas acima, esperamos que você se sinta mais seguro e confiante para ingressar no curso de Ciências Contábeis. Lembre-se que durante todo o período de estudos você poderá contar com o auxílio dos professores especialistas na área que, com certeza, estarão a disposição para auxiliar no seu aprendizado.

Curso de ciência da computação EAD é bom?

Se você está procurando por um curso na área, é interessante conhecer mais sobre a graduação de ciencia da computação EAD. Afinal, esse curso possibilita que você estude quando e onde quiser. Dessa forma é possível organizar melhor sua rotina de trabalho, estudos e demais atividades diárias. Mas não é só isso, a modalidade a distância traz outras vantagens exclusivas que vamos comentar neste texto e que a tornam uma boa opção de estudo.

ciência da computação

Mas, antes de falar sobre as vantagens, vamos comentar sobre os pontos em que o curso ciencia da computação EAD é igual ao presencial. Ambas as graduações possuem no mínimo quatro anos de duração e seguem as diretrizes apontadas pelo Ministério da Educação (MEC). O diploma também é o mesmo. Na verdade, não consta nem a informação de que o aluno optou pelo método a distância, por exemplo. Então, de uma forma resumida, a qualidade do ensino é a mesma.

A base das matérias do curso também é igual. É claro que alguns assuntos podem sofrer alterações dependendo da instituição, mas tanto no curso ciencia da computação EAD quanto no presencial, o aluno sai pronto para enfrentar os desafios do mercado de trabalho. Por falar nisso, no método a distância também há o estágio supervisionado obrigatório. Essa é uma etapa importante para transformar alunos em profissionais qualificados.

E vale lembrar que o cientista da computação trabalhará diretamente com computadores e outros dispositivos móveis. Então, nada mais justo do que utilizar esses dispositivos e o acesso a internet já no aprendizado.

 

Quais são as vantagens do curso de ciencia da computação EAD?

O primeiro benefício do curso ciencia da computação EAD é o respeito pela sua individualidade. Afinal, você não depende do ritmo de estudos de mais nenhum outro aluno. Então, pode definir como será a sua aprendizagem. É possível, por exemplo, gastar mais tempo com uma matéria do seu interesse ou, até mesmo, acelerar a aula de um conteúdo que você já domina. Afinal, é só o seu aprendizado que importa nesse momento.

Além disso, a graduação EAD tende a ter mensalidades com valores 50% mais baixos do que as do presencial. Mas, não confunda preço mais baixo com qualidade inferior. A instituição que trabalha com cursos a distância não precisa manter uma grande estrutura física para receber alunos diariamente, por isso, também não possui os gastos dessa estrutura e pode repassar essa economia aos seus estudantes mensalmente. Além disso, o aluno não precisa desembolsar nenhum gasto extra com deslocamento até a faculdade, ou ainda, perder mais algum tempo no trânsito. Afinal, tempo também é dinheiro.

Sendo assim, o aluno EAD pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir uma videoaula e aprender sobre um novo assunto. Ou ainda, pode estudar no conforto da sua casa. Também é possível escolher o melhor período para aprender, afinal, há momentos em que a nossa mente está mais concentrada e disponível para absorver os conteúdos. Então, devemos aproveitar esses períodos para aprender mais e frisar o que foi estudado.

Assistente Social só trabalha em hospital?

O Assistente social é o profissional que cursou e se formou na graduação de Serviço Social. Essa é uma profissão muito importante para a sociedade em geral, quem se forma em Serviço Social tem como objetivo auxiliar as pessoas que de alguma forma não possuem acesso à cidadania, ajudando-os a resolver problemas ligados à educação, habitação, emprego, saúde, entre outros. É uma profissão nobre, voltada para a promoção do bem-estar físico, psicológico e social, ou seja, voltada para o lado assistencial da sociedade.

curso serviço social ead

Dentro dessa profissão, o assistente social pode trabalhar em diversos setores, e não só em hospitais, como muitos acreditam.

Então, para te ajudar a entender melhor como é o mercado de trabalho para o Assistente Social, preparamos uma lista de lugares que o assistente social pode trabalhar. Confira:

  • Setores públicos: Entre as principais áreas de atuação públicas temos as escolas; conselhos de direitos e de gestão; administrações municipais, estaduais e federais, serviços de proteção judiciária, redes de serviços sociais do governo e hospitais. Mas é importante lembrar que para ocupar uma vaga no setor público, é necessário antes ser aprovado em um concurso público.
  • Empresas privadas: dentro do setor privado há muitas probabilidades para quem cursa uma faculdade de serviço social ead, os profissionais podem atuar em escolas; faculdades; centros de saúde; sindicatos; entidades filantrópicas; creches; consultorias.
  • ONGs: Atualmente, também existe ainda possibilidade de exercer a função em setores públicos e organizações não governamentais (ONGs) fazendo a orientação, acompanhando pessoas e desenvolvendo programas de assistência dirigidos a diferentes públicos como por exemplo crianças em situação de risco, populações com poucos recursos financeiros ou afetadas por catástrofes naturais, idosos, entre outros. Ele também pode trabalhar com pessoas refugiadas no Brasil, seja com serviço de apoio em centros de cuidado; entidades filantrópicas; ou até mesmo em centros educacionais.

Como você pode ver, são diversas possibilidades de trabalho. Mas para exercer a função, você precisa ser formado na graduação em Serviço Social. E antes de se matricular, tem mais uma etapa que precisa levar em consideração:  a modalidade de estudos. Você já parou para pensar se a graduação presencial é a melhor escolha para você? Pois aqui nós vamos te mostrar as vantagens em cursar a faculdade de serviço social ead.

Antes de qualquer coisa, independente da modalidade, a faculdade de Serviço Social deve ter, obrigatoriamente, 3 mil horas/aula divididos em oito semestre, o que equivale a 4 anos. Então fique atento a isso antes de iniciar o curso. Essa é uma recomendação do MEC, que torna o diploma de conclusão válido.

O fato é o curso de serviço social a distância é a melhor opção para quem estuda e trabalha, pois com ele você determina qual o melhor horário para estudar. Você também pode agendar suas provas e atividades, moldando o curso à sua rotina. Além disso, você terá acesso a livros impressos, videoaulas em DVD’s ou ainda esses mesmos conteúdos em suas versões online através do Ambiente Virtual de Aprendizado.

Por fim, agora que você já sabe tudo sobre o curso de Serviço Social EAD já pode encontrar a faculdade que vai te levar ao sonho de ser um assistente social que trabalha em prol de um mundo melhor.