Como funciona o sistema educacional no Brasil

No Brasil, existem creches, escolas e universidades públicas. Qualquer pessoa, seja criança ou adulto, pode assistir essas instituições gratuitamente.

As crianças frequentam as escolas públicas que estão mais perto de suas residências. Para inscrever seu filho no colégio, é necessário ir pessoalmente ao colégio com a certidão de nascimento de seu filho. Normalmente, não é necessária a vacinação obrigatória. O cadastramento pode ser feito pelos sites oficias das prefeituras. Você pode conferir o passo a passo em http://matriculaescolar2020.com.br/. Esteja com a documentação em mãos: CPF seu e da criança para preencher os formulários de dados pessoais.

No Brasil há creches para crianças menores de 2 e creches para crianças de até 6 anos de idade. Dependendo da capacidade da criança, a escola vai decidir juntamente com os pais, que tipo de educação pré-escolar é necessária. As opções incluem as creches Maternais que são basicamente grupos de jogos, onde as crianças aprendem a se socializar, e os Jardins onde já se introduzem conceitos acadêmicos.

Educação primária (Ensino fundamental)

Até há pouco tempo, a idade obrigatória para assistir a escola era de 7 anos. Esta idade foi reduzida, agora, aos 6 anos de idade, mas as crianças podem começar aos 5 anos, desde que cumpram 6 anos durante o primeiro semestre.

Durante a primeira parte da educação primária no Brasil (ensino fundamental 1) os alunos têm, geralmente, uma única professora durante todo o ano letivo ou, pelo menos durante a primeira parte. Os cursos obrigatórios são: Português, História, Geografia, Matemática, Ciências e Educação Física. Na segunda parte da educação primária (ensino fundamental 2) o currículo se expande com um ou dois idiomas estrangeiros, predominantemente espanhol e inglês, e a cada curso corresponde um professor diferente.

Os estudantes mais velhos que não compareceram à escola na idade adequada, compartilham sala de aula com os alunos mais jovens. Só se eles são maiores de 18 serão separados dos menores.

Educação secundária (Ensino médio)

A educação secundária no Brasil tem uma duração de 3 anos. Os alunos continuam estudando os cursos que estavam em primária, mas têm novos cursos obrigatórios, como: Química, Biologia, Filosofia e Sociologia. A educação secundária não é obrigatória.

Durante os 3 anos do ensino secundário, os alunos podem optar por formação profissional a vez do ensino médio usual. Isto foi concebido para os estudantes que não tenham a intenção de seguir uma carreira universitária. O treinamento é realizado durante o segundo e terceiro ano do ensino médio.

As crianças frequentam as escolas públicas que estão mais perto de suas residências. Para inscrever seu filho no colégio, é necessário ir pessoalmente ao colégio com a certidão de nascimento de seu filho. Normalmente, não é necessária a vacinação obrigatória (veja aqui o calendário). 

No Brasil há creches para crianças menores de 2 e creches para crianças de até 6 anos de idade. Dependendo da capacidade da criança, a escola vai decidir juntamente com os pais, que tipo de educação pré-escolar é necessária. As opções incluem as creches Maternais que são basicamente grupos de jogos, onde as crianças aprendem a se socializar, e os Jardins onde já se introduzem conceitos acadêmicos.

Educação primária (Ensino fundamental)

Até há pouco tempo, a idade obrigatória para, assistir à escola era de 7 anos. Esta idade foi reduzida, agora, aos 6 anos de idade, mas as crianças podem começar aos 5 anos, desde que cumpram 6 anos durante o primeiro semestre.

Durante a primeira parte da educação primária no Brasil (ensino fundamental 1) os alunos têm, geralmente, uma única professora durante todo o ano letivo ou, pelo menos durante a primeira parte. Os cursos obrigatórios são: Português, História, Geografia, Matemática, Ciências e Educação Física. Na segunda parte da educação primária (ensino fundamental 2) o currículo se expande com um ou dois idiomas estrangeiros, predominantemente espanhol e inglês, e a cada curso corresponde um professor diferente.

Os estudantes mais velhos que não compareceram à escola na idade adequada, compartilham sala de aula com os alunos mais jovens. Só se eles são maiores de 18 serão separados dos menores.

Educação secundária (Ensino médio)

A educação secundária no Brasil tem uma duração de 3 anos. Os alunos continuam estudando os cursos que estavam em primária, mas têm novos cursos obrigatórios, como: Química, Biologia, Filosofia e Sociologia. A educação secundária não é obrigatória.

Durante os 3 anos do ensino secundário, os alunos podem optar por formação profissional a vez do ensino médio usual. Isto foi concebido para os estudantes que não tenham a intenção de seguir uma carreira universitária. O treinamento é realizado durante o segundo e terceiro ano do ensino médio.