Concertina ou cerca eletrificada: qual escolher?

A alta da criminalidade, especialmente da invasão de imóveis, fez com que houvesse uma maior procura por formas de segurança e proteção de espaços.

A concertina e a cerca eletrificada estão entre as principais soluções para reforçar a segurança de imóvel, minimizando o risco de invasões, furtos e roubos.

O grande problema é que nem todo mundo sabe, ao certo, qual dessas opções escolher. Este é o seu caso? Então, veja aqui dicas que lhe auxiliarão nessa tarefa!

 

O que é concertina?

A princípio, é importante saber exatamente o que é concertina, para poder escolher a melhor opção. A concertina é um arame de metal com lâminas que têm elevada capacidade de laceração, fazendo cortes profundos na pele.

É fabricada com aço galvanizado, que é resistente à oxidação e não oxida, o que viabiliza sua instalação em áreas a céu aberto, garantindo uma longa durabilidade mesmo que entre em contato com a água frequentemente.

 

O que é a cerca eletrificada?

É a mesma coisa que a cerca elétrica, que dá choque ao contato com a pele, com a finalidade de afastar bruscamente possíveis invasores e impedir ultrapassagens.

A cerca eletrificada é composta por fios de metal nos quais circula uma corrente elétrica, que precisa ser mantida regularmente para que proteja eficientemente o imóvel.

Curiosamente, o choque provocado pela cerca não chega a matar o invasor, mas é suficiente para afastá-lo e desequilibrá-lo, aumentando a chance de queda e de se machucar.

 

Concertina e cerca eletrificada: vantagens e desvantagens

Depois de conhecer o que é concertina e cerca eletrificada, saber quais são as vantagens e desvantagens de cada uma ajuda a escolher a melhor alternativa.

No que se refere à concertina, esta solução só possui vantagens. A razão disso é simples: é eficiente na proteção e seu preço de instalação e manutenção é mais acessível do que a cerca eletrificada.

Por falar em manutenção, ela praticamente inexiste ao adotar a concertina, porque o material tem longa durabilidade e não precisa de trocas ou consertos periódicos.

O que se recomenda é fazer uma vistoria a cada seis meses na cerca, para garantir que há uma boa tensão e a estrutura esteja adequada, aumentando a segurança do espaço.

Já sobre a cerca eletrificada, esta opção oferece proteção, mas conta com a desvantagem de ter um preço de instalação, uso e manutenção mais elevado.

Isso ocorre porque o uso da cerca exige um consumo de energia elétrica, com a possibilidade de aumentar sua fatura no final do mês. Além disso, se a parte elétrica não for adequada, será preciso adaptá-la para instalar a cerca.

Também há um fator que muitos se esquecem: o custo de manutenção da cerca elétrica é maior, já que é preciso realizá-la periodicamente para assegurar seu correto funcionamento.

 

Concertina ou cerca eletrificada?

Mas, afinal, qual escolher, a concertina ou cerca elétrica? Na realidade, depende de seu orçamento. Ambas as soluções são eficientes na proteção de espaços, a diferença recai especificamente no custo de ambas.

A concertina, por exemplo, tem um custo baixo, seja de instalação ou manutenção. Já para instalar e manter a cerca elétrica é preciso gastar um pouco mais.

Portanto, se seu orçamento for reduzido, a melhor opção é a cerca de concertina. Caso esteja com um pouco mais de dinheiro, a cerca eletrificada é um bom investimento.

Agora, se dinheiro não for o problema, há uma alternativa que compensa ainda mais o investimento: a concertina eletrificada!

 

O que é a concertina eletrificada?

Trata-se de uma solução que combina a concertina e a cerca eletrificada, de forma a maximizar a segurança de imóveis residenciais, comerciais e industriais.

Como oferece uma proteção mais robusta, sua indicação de uso é em áreas que precisam de mais segurança e estão mais suscetíveis a invasões.

 

Onde instalar a concertina ou cerca eletrificada

A instalação de ambas as soluções, bem como da concertina eletrificada, é em muros ou portões baixos, que podem ser escalados ou não dificultam completamente a ultrapassagem.

Existe a possibilidade de instalar a concertina ou cerca eletrificada em diferentes locais, como em imóveis residenciais, comércios, escritórios, condomínios empresariais e residenciais, indústrias, empresas de logística, entre outros.

 

Como reforçar a segurança da concertina e cerca eletrificada

Poucos sabem, mas existem formas de reforçar a segurança proporcionada pela concertina e cerca eletrificada. O segredo está em combinar diferentes soluções.

Uma opção, por exemplo, é instalar a concertina ou cerca eletrificada em outros materiais, como a tela alambrado ou gradil, aumentando ainda mais a altura dessas estruturas, de modo a dificultar ultrapassagens ao máximo.

Há, ainda, a possibilidade de combinar o uso da cerca concertina e eletrificada com soluções tecnológicas de segurança, como alarmes e câmeras de monitoramento.

Essa última opção é mais cara, mas normalmente compensa porque possibilita montar um sistema de segurança completo para o imóvel, protegendo bens e pessoas adequadamente.