Manuela Jobst Lança Projeto Inovador Sobre a Saúde Cerebral

A nutricionista Manuela Jobst, brasileira, iniciou no último mês de julho um projeto inovador sobre saúde cerebral.

Ela começou a publicar em seu site, o Nutri Jobst, artigos relacionados aos nootrópicos.

Os nootrópicos são substâncias capazes de melhorar a atividade cerebral sem comprometer a saúde.

Eles são conhecidos desde 1972 e utilizados também no tratamento de doenças como o Mal de Alzheimer.

Porém, há apenas alguns anos, se tornaram uma febre, principalmente nos Estados Unidos, por terem sido descobertos, com comprovação científica, como excelentes aliados para quem precisa de um alto desempenho das funções cerebrais.

Nootrópicos no Brasil

Ainda pouco se fala em substâncias nootrópicas no Brasil como aliadas do desempenho cerebral para estudantes e demais pessoas que desejam proporcionar um aumento significativo em suas funções cognitivas.

A nutricionista especializada em Nutrição Clínica e Suplementação Nutricional, Manuela Jobst, é uma das pioneiras a tratar do assunto de forma aprofundada e apresentar estudos que demonstram a eficácia dos produtos.

Segundo ela, o Piracetam, que é uma das principais substâncias no mercado, foi testado e aprovado por ela própria, há alguns anos.

Ela explicou que os resultados que obteve na melhora da concentração e memorização foram incríveis e recomenda a suplementação com nootrópicos.

No site ela mostra as melhores pílulas de inteligência que existem no Brasil.

No site, Manuela indica combinações de nootrópicos para diferentes finalidades e recomenda que sempre se siga orientação especializada na hora de suplementar.

Você pode conhecer melhor o projeto no endereço R. Dr. Zeferino Alves do Amaral, 925 – Segundo Andar – Centro, Atibaia – SP.

O trabalho de Manuela no site Nutri Jobst

A nutricionista iniciou este projeto para abordar, principalmente, assuntos relacionados à melhora das faculdades cerebrais e, também, sobre a prevenção e tratamento de doenças nas articulações, através de uma alimentação balanceada e da suplementação.

Mas, ela diz que abordará, também, outros temas relacionados à saúde e sobre como a suplementação nutricional pode ajudar a prevenir e tratar doenças, bem como melhorar a qualidade de vida das pessoas, de uma forma geral.

Manuela iniciou suas pesquisas sobre nootrópicos para ajudar a si mesma, bem cedo, porque sempre queria estudar mais e mais os assuntos sobre saúde, interesse herdado dos pais.

Dores nas Juntas

Aos 15 anos, também já pesquisava sobre soluções de problemas articulares para ajudar os avós e salienta que a nutrição e a suplementação sempre se mostraram como as melhores alternativas.

Issoé o que a influenciou na hora de optar pela carreira de nutricionista, aos 17 anos de idade.

Por isso vale a pena conhecer o trabalho dessa experiente nutricionista, e seguir os passos dados por ela.