Tráfego orgânico ou tráfego pago: qual o melhor para o seu negócio?

Ao investir em uma estratégia de marketing digital, é comum se ver diante de uma dúvida: afinal, qual é o melhor para seu negócio, o tráfego orgânico ou o pago? Neste artigo, falamos mais sobre esse tema. Confira!

SEO

Tráfego orgânico e pago: o que são?

Por tráfego entende-se o número de visitantes de um site. Esse tráfego pode ser orgânico, ou seja, gerado de maneira espontânea, sem ter origem em um anúncio pago. Por isso, é mais barato e possui preço acessível de implementação.

Normalmente, o tráfego orgânico é aquele gerado a partir de mecanismos de busca como o Google. O usuário digita uma palavra-chave e clica nos resultados que mais lhe convém, normalmente nos que estão no topo da página.

O único esforço que a empresa tem é de ranquear seu site na melhor posição possível de páginas de resultados, o que pode ser feito por meio do SEO (Search Engine Optimization), que é uma ferramenta de otimização de sites para motores de busca.

Já no tráfego pago, como seu próprio nome indica, é preciso pagar para que os visitantes encontrem seu site e cheguem nele. Neste caso, a empresa cria anúncios em plataformas como o Google Ads e Facebook Ads, veiculando-os para atrair o tráfego.

Nessa modalidade faz-se um maior investimento, no entanto o tráfego pago consegue gerar resultados acelerados e atingir um bom ROI em menor prazo. Por isso, costuma ter um grande apelo entre as empresas.

 

Qual o melhor tráfego para seu negócio?

Uma das principais dúvidas sobre tráfego orgânico e pago é qual seria a melhor alternativa para a estratégia de marketing online da empresa. Curiosamente, o ideal é combinar ambas as alternativas.

O motivo disso é simples: o tráfego orgânico e o pago se complementam e tornam sua estratégia de marketing digital mais eficiente, com entrega de melhores resultados em curto, médio e longo prazos.

O tráfego orgânico, por exemplo, possui custo menor, uma vez que não é preciso pagar por anúncios, e seus resultados são duradouros, principalmente quando a empresa investe na manutenção do ótimo ranqueamento conquistado.

No tráfego pago, os resultados e ROI são rápidos e expressivos, porque se paga para ter destaque em mecanismos de busca e nas redes sociais. No entanto, quando não veicular mais a campanha deixa-se de ter esse resultado.

O que seu negócio pode fazer é combinar os dois tráfegos, mas manter o foco e maior investimento em um. Para escolher qual deve receber maior destaque, a empresa precisa avaliar seus objetivos, urgência em atingi-los, custo-benefício e os recursos liberados para serem aplicados.

 

Como implementar ações de tráfego orgânico e pago

Deseja implementar ações de tráfego orgânico e pago para atrair mais visitantes, transformá-los em leads e maximizar a taxa de conversão de seu site, fechando mais negócios?

Nesse caso, conte com o suporte de uma agência de SEO, que possui equipe capacitada para identificar as necessidades de sua empresa, elaborar um planejamento personalizado para atendê-las e executar ações altamente eficazes, com maior chance de atingir resultados expressivos.